segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Crítica sobre: Amanhecer {Livro}

Bella e Edward se casam e eles têm uma lua de mel quase normal, como Bella queria, apesar dela não ter escapado sem alguns hematomas. Quando Bella está quase decidida a manter a sua vida humana por pelo menos mais alguns anos, ela se depara com um acontecimento inesperado capaz de mudar todos os seus objetivos: uma gravidez completamente incomum.

Edward, sem saber ser capaz, engravidou Bella. Essa gravidez aparentemente sem precedentes intrigou todos os Cullen e Edward e Carlisle concordaram que, para salvar a vida de Bella, esse bebê deveria ser retirado o mais rápido possível. Porém, Bella tinha outros planos e se aliando a Rosalie ela conseguiu evitar que fizessem qualquer mal a seu bebê.
A gravidez avançou muito mais rapidamente que uma gravidez normal, e Bella teve vários osso quebrados entre outros prejuízos em seu andamento. Quando Bella pareceu não aguentar mais, Edward, com a ajuda de Jacob, fez o parto retirando o bebê, uma menina, de nome Renesmee Edward conseguiu salvar Bella (porém com muito custo) injetando veneno diretamente no coração dela, transformando Bella, enfim, em uma vampira.

Jacob havia decidido matar Renesmee, mas foi pego de surpresa quando teve um imprinting com ela e sua vida passou a girar em torno dela.
Renesmee crescia muito mais rápido que o normal, e Bella mostrou ser uma vampira recém-nascida extremamente bem controlada, não trazendo riscos a nenhum humano.
Irina ainda se ressentia pelos Cullen terem apoiado os Lobisomens quando estes mataram Laurent, seu parceiro, e quando ela viu Bella, Renesmee e Jacob caçando, ela acreditou que Renesmee fosse uma criança imortal e disse isto aos Volturi.
As crianças imortais não eram toleradas pelos Volturi porque o crescimento físico e mental delas estacionavam na idade que tinham quando foram transformadas em vampiras e não era possível controlá-las.

Alice viu que os Volturi viriam para confrontar os Cullen, pois acreditavam que Renesmee fosse uma criança imortal. Alice foge para proteger os Cullen e ir em busca da única testemunha capaz de convencer os Volturi que Renesmee não traz perigos aos vampiros.

Os Cullen, orientados por Alice, vão em busca de outros de sua espécie para testemunharem, perante os Volturi, o desenvolvimento de Renesmee. Quando a casa dos Cullen fica lotada de outros vampiros e Renesmee consegue convencer à todos que não é perigosa, os Volturi chegam. Bella consegue deixar os Volturi perplexos com seu dom, um escudo, capaz de proteger à todos que ela quiser de qualquer ataque que fosse atingir a mente e Alice chega a tempo com outro ser da mesma espécie de Renesmee, provando que os filhos de mãe humana e pai vampiro crescem até atingir a idade adulta e ai param, não morrendo, e provando que não há nenhum risco nessa nova criatura.

Os Volturi vão embora sem conseguir provar nenhuma infração à lei pelos Cullen e a paz se estabelece, até que um dia os Volturi arrumem outra desculpa para enfrentar os Cullen novamente. Stephenie Meyer mudou algumas coisas nessa saga, como por exemplo a novidade que foi a narrativa da perspectiva de Jacob Black, nunca pensei que a autora pudesse nos dar essa surpresa no final de eclipse e no decorrer de amanhecer. E eu amei de verdade!

A transformação de Bella foi algo tão profundo que me comoveu. No começo do livro admito que foi meio melodramático com sempre, mas o que mais me comoveu foi a partir do meio até o final, ação, muitos personagens novos surgiram confundindo a minha mente, fora que muitos deles tem esses poderes sobrenaturais de vampiros. E a amizade de Edward com Jacob engraçado e confuso, mas gostei.

O Livro superou minhas expectativas, mesmos sabendo que a autora poderia colocar um pouco mais de ação ali no final no momento da batalha que não ocorreu, evidentemente se acontecesse muitos personagens bons morreriam entendi porque Meyer resolveu deixar tudo como estava, mas os Cullem saíram vitoriosos mais um vez, e Edward e Bella enfim tiveram os "Felizes para Sempre".

Qual minha nota para o livro:

  
Autor: Stephenie Meyer 
Páginas: 567
Editora: Intrínseca

Sinopse: Estar irrevogavelmente apaixonada por um vampiro é tanto uma fantasia como um pesadelo, costurados em uma perigosa realidade para Bella Swan. Empurrada em uma direção por sua intensa paixão por Edward Cullen, e em outra por sua profunda ligação com o lobisomem Jacob Black, ela resistiu a um tumultuado ano de tentação, perda e conflito até o momento da decisão definitiva. A escolha entre fazer parte do obscuro, mas sedutor, mundo dos imortais ou permanecer vivendo como humana se tornou o marco que poderá transformar o destino dos dois clãs: vampiros e lobisomens. Isso pode significar a destruição. Para todos. Para sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.