domingo, 11 de setembro de 2011

Crítica sobre: Como Falar Dragonês {Livro}

Lembro-me de mim criança, olhando além da borda da cesta, vendo o mundo inteiro se estender lá embaixo como se fosse o mapa de uma história inventada... E subitamente percebi, com enorme clareza, que não passamos de pequenos pontos neste vasto Universo. Insetos pretensiosos! Amebas exibidas! (P. 233) 


Soluço, o herdeiro da tribo Hooligans Cabeludos, e seu dragão Banguela estão em mais uma etapa do treinamento de piratas administrado pelo Bocão Bonarroto. Soluço, Perna-de-peixe, e os outros meninos ainda está aprendendo a ser piratas. A lição da vez é invadir um barco de pescadores, mas eles não podem chegar perto das águas quentes, a Corrente de Verão, pois lá se encontram criaturas muito pergosas, como os dragões-tubarões.

O súbito sequestro de Soluço e de Camikazi, a herdeira da Tribo das Ladras do Pântano. As tribos bárbaras estão sendo pressionadas pelo exército Romano. Como os adoráveis vikings irão se sair? Eles conseguiram fugir? Recuperaram Banguela e o resto do livro? E qual foi o destino de Alvin?

Um livro para o público infantil mas que também pode ser lido, com certeza, por crianças crescidas. As aventuras de Soluço são divertidas e o Banguela então, todo orgulhoso em alguns momentos.

Eu adoro essa série, e nunca me canso de recomendar! Nesse exemplar não poderia ser diferente... Mantém o mesmo ritmo gostoso e hilário dos livros anteriores, fazendo com que seja uma leitura muito agradável! Marca o retorno de Alvin, O Traiçoeiro (e seus planos, que com certeza não acabarão por aqui), ao mesmo tempo em que consolida a principal arma de Soluço em situações de crises (a inteligência), e também traz uma nova e fofa personagem: Camicazi, herdeira das Ladras do Pântano, uma figurinha que, pelo visto veio para ficar e definitivamente TAMBÉM me conquistou (como todos os outros personagens), Ziggerastica um nanodragão que nos mostra que: "tamanho não é documento" e muitos outros personagens que fazem com que o livro seja tão divertido.“Como treinar seu dragão” é minha série “livro de criança” preferida, e tenho certeza de também será de quem der uma chance e ler!!



Qual minha nota para o livro:


Livro: Como Falar Dragonês
Autora: Cressida Cowell
Páginas: 237

Sinopse: Soluço Spantosicus Strondus III foi o mais grandioso herói já visto em todo o território viking. Ele era bravo, impetuoso e muitíssimo inteligente. Mas até mesmo os grandes heróis podem ter dificuldades no começo. Principalmente se têm como companheiro um dragãozinho teimoso e mal-educado. Nessa nova aventura da série, o dragão Banguela foi capturado, um nanodragão está prestes a virar refeição e Dragões-tubarões estão à solta. 
Mais uma vez, os vikings precisam de um salvador... Soluço! Com aventura, ação, muito humor e ilustrações divertidíssimas, a receita do sucesso de Como treinar o seu dragão é seguida à risca no terceiro lançamento da série escrita e ilustrada pela inglesa Cressida Cowell, autora premiada de obras infantis e infantojuvenis. Crianças, jovens e adultos que já conhecem Soluço e o dragão Banguela, seja das páginas dos livros, seja das telas de cinema, não vão perder essa nova história. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.