quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Entrevista Escritores: J. Henrique

Nome: João Henrique Lima Ramos (J. Henrique) Cidade/Estado: Laguna Carapã / Mato Grosso do Sul  
Um livro: O morro dos Ventos Uivantes.
Um Autor: J. K. Rowling  
Uma música: Under The Bridge – Red Hot Chilli Peppers  
Uma banda: Black Eyed Peãs  
Um filme: Os outros 
 Um ator: Johnny Deep
Uma atriz: Angelina Jolie
Defeito: talvez a baixa tolerância a brincadeira excessivas.
Qualidade: Determinação e sinceridade


Uma frase: Você pode ter a fé que quiser em espíritos, em vida após a morte, no paraíso e no inferno, mas se tratando desse mundo, não seja idiota. Porque você pode me dizer que deposita sua fé em Deus para passar pelo dia, mas quando chega a hora de atravessar a rua, eu sei que você olha para os dois lados. *(não me pergunte o autor que num faço a mínima idéia, rsrsr)


Mini Biografia: João Henrique Lima Ramos (J. Henrique) nasceu em 26 de março de 1991 em Dourados – Mato Grosso do Sul, mas criou – se em Laguna Carapã onde mora atualmente. Desde cedo demonstrou o interesse pela literatura rabiscando seus primeiros contos aos 12 anos e foi esse interesse que o levou a cursar Psicologia, curso que hoje está no terceiro ano. J. Henrique já participou de duas antologias: Sobrenatural: Contos fantásticos (março/2011) e Metamorfose II: Os filhos de Licaão (2011), ambas organizadas por Ademir Pascale. É autor de Malditos lançamento de Novembro pela Editora Literata.

LIVROS ESCRITOS:

John Belg: A saga de um Herói (Clube de autores / Bookess (2010)
Antologia Sobrenatural: Contos Fantásticos - Conto: Apenas um jogo – Editora All Print (2011)
Antologia Metamorfose II: Os filhos de Licaão – Contos: Aos olhos da lua – Editora Literata (2011)
Malditos – Editora Literata (novembro/2011)


Um Pouco mais Sobre "J. Henrique”


1. Quando e como você resolveu que queria se tornar escritor? Você teve o apoio de alguém em especial?
J. Henrique: Desde muito novo gosto de ficar imaginando histórias, mas fui começar a rascunhar pequenas histórias a partir dos meus 12 anos quando li o meu primeiro livro que foi Harry Potter e a Pedra Filosofal. Na verdade eu nunca tive um grande incentivo, por assim dizer, de alguém. Sempre pedi livros para minha mãe e ela me deu, mas tudo por vontade própria. Depois de iniciada a árdua tarefa de escrever ai então tive apoio de vários amigos e também da minha família, mas podemos dizer que o ponta pé inicial foi meio que solitário.rs

2. Como surgiu a idéia de escrever um livro?
J. Henrique:Como disse desde os 12 anos eu rascunhava histórias bobas da minha cabeça, mas foi só em 2008 que tive a primeira idéia concreta na minha cabeça. Não hesitei em escreve – la. Foram quatro meses para concluí-la, embora eu não tivesse experiência nenhuma. A idéia do Malditos já foi um pouco mais amadurecida, mas a idéia geral de escrever foi mais ou menos sentar na frente do PC e escrever.

3. Como foi o processo de pesquisa para a criação do livro?Ao começar a escrever, você se inspira em alguma obra, filme ou pessoa?
J. Henrique: Essa é uma pergunta que muitos fazem. Na verdade eu não fiz nenhuma pesquisa para começar a escrever nenhum dos meus livros. A história começa a surgir e assim eu vou escrevendo. Pro gênero que escrevo acredito que os seriados e filmes que costumo assistir (admito que sou viciado em seriados, rsrs) sirvam de inspiração de certa forma, afinal sempre fui vidrado em filmes de terror e suspense, mas dizer que me inspirei em alguma obra ou filme, ou até mesmo em uma pessoa em especial. Bem... Acredito que não.

4. Sabemos que no Brasil é um pouco complicado lançar um livro. Como foi esse processo pra você? Quais etapas seguiu? O que você sentiu ao ver seu livro impresso?
J. Henrique:Quando decidi tentar publicar o meu livro na hora cai no Clube de Autores e na Bookess, na época ainda eram pouco utilizados, dada a dimensão que ambas as editoras tem hoje, mas meu livro publicado por lá acabou ficando de lado pelos novos projetos que encabecei, afinal sempre tive interesse em criar coisas na área do terror e suspense. Mais falando um pouco do primeiro livro (John Belg) assim que termine de escreve – lo consegui um bom revisor e ao receber o trabalho pronto publiquei – o no clube. Foi realmente uma sensação ótima ter o livro impresso nas mãos. É um filho seu fruto do seu trabalho, da sua esperança e da sua perseverança, embora a forma independente não tenha mesma sensação de quanto você recebe um telefone ou um e-mail de uma editora dizendo que quer publicar o seu trabalho. Isso sim não tem palavras para descrever.

5. Se você conseguiu ter seu livro publicado. Como foi ver o primeiro exemplar impresso, saber que ele iria chegar ao público?
J. Henrique:Meu livro ainda vai ser lançado, mas eu fico sonhando em casa como vai ser ter ele em mãos, saber que é real e também tem aquele friozinho na barriga de imaginar o que as pessoas irão achar quando lerem. Se vão se impressionar, se vão odiar. Coisas desse tipo passam pela cabeça a todo o momento.

6. Você acredita que os brasileiros estão se interessando mais por nossos novos autores, ou que ainda existe certo preconceito literário por parte do leitor?
J. Henrique:Com toda a certeza o interesse pelos novos autores tem crescido muito aqui no Brasil. Ainda existe certo preconceito de algumas partes, mas graças às divulgações em massa e aos blogs literários essa barreira tem diminuído cada vez mais e assim muitos e muitos novos autores têm despontado no cenário nacional.

7. Para você, qual a importância da literatura e do hábito de ler?
J. Henrique: Essa é uma coisa que eu tento passar cada vez mais pra frente. A importância da Literatura e do hábito de ler. É uma arte contar história e ao lê-las você consegue viajar pelos mais diferentes mundos e conhecer as mais variadas personalidades, como não dizer que isso é bom? Além do mais a pessoa que mantêm um hábito de leitura tem sempre um desenvolvimento melhor em diversas áreas da sua vida, tanto pessoal como profissional.

8. Conte pra gente um pouquinho dos seus planos futuros na área literária.
J. Henrique:Planos para o futuro... São tantos. O primeiro hoje ainda pode ser visto como um sonho, pois é fazer com que o Malditos seja bem aceito pelos leitores brasileiros e meu maior plano é não para de escrever e cada vez os presentear com novas e fabulosas histórias. Eu, realmente, torço para que isso de certo. (rsrs).

9. Você está trabalhando em algum novo projeto no momento? Se sim, conte um pouquinho sobre ele.
J. Henrique:Sim. Estou trabalhando em um projeto de reescrita da saga de John Belg, pois acredito que estes dois anos em que escrevo aprendi muitas coisas e que aquela história (lê-se minha primeira história) merece ser contada da forma que eu sempre sonhei e que possa agradar a todos. Estou nos trabalhos finais e em breve começarei a tortuosa missão de procurar uma editora que se interesse por mais esta história. O livro se chamará O Herói do Fogo e vai ser o primeiro volume da série: A batalha dos especiais. Espero agradar com mais este.

Um breve bate-papo:

Quando escrevo: Sempre que me sombra um tempinho em meio à correria de trabalho e Faculdade, mas a cabeça num para um segundo.

O que me inspira: Gosto de ouvir musica gótica. Ajuda a relaxar e soltar as idéias.

No meu tempo livre: (raríssimo, rs!) Procuro escrever ou ler um bom livro.
Não saio de casa sem: Celular. Sempre! Hehe’
Estou lendo: A batalha do Apocalipse
Meu livro de cabeceira é: Malditos (Vale? Rsr)
Sou fã de: André Vianco e Stephen King
Não gosto de: Falsidade e falta de respeito.
Meu maior sonho é: Produções cinematográficas baseadas nos universos literários nacionais.
Não viveria sem: Amigos.
Estou à procura de: Realizações pessoais
Um livro nacional que eu li e gostei: A saga do Bento – André Vianco

Meu personagem preferido é: Harry Potter.

Quer deixar alguma mensagem aos leitores do blog? Acreditar nos sonhos sempre e persistir até não conseguir lutar mais e até um pouco mais, pois só quem acredita realmente em seus sonhos tem o poder de vencer qualquer obstáculo e nada impedi que qualquer um possa ser o vitorioso de amanhã. #Fica a dica!

Agradeço pela entrevista Angel. Obrigado mesmo

CONTATOS DO AUTOR 
Podem manter contato pelo e-mail: escritorjhenrique@hotmail.com ou pelo blog: HTTP://escritorjhenrique.blogspot.com ou até mesmo pelo twitter: @jhenriquepsi.

2 comentários:

  1. Gostei muito da entrevista com este autor, ótimas respostas. Sucesso para você J. Henrique e parabéns pela entrevista angel
    Beijos :g

    ResponderExcluir
  2. Anelise: Que bom que gostou. Adoro entrevistar nossos queridos autores.

    Obrigada pelo comentário Querida!
    Beijokinhas ٩(͡๏̮͡๏)۶
    Angel ;)

    ResponderExcluir


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.