quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Entrevista Escritores: Markus Thayer

Nome: Markus Thayer
Cidade/Estado: São Paulo - SP

Um livro: Viagem ao centro da terra
Um autor: Julio Verne

Uma música: Ode an die Freude (Hino à Alegria) Ludwig van Beethoven
Uma banda: The Beatles

Um filme: Quem somos nós (What the Bleep Do We Know!?). Direção de William Arntz, Betsy Chasse e Mark Vicente
Um ator: Tom Hanks
Uma atriz: Meryl Streep

Defeito: Perfeccionismo.
Qualidade: Foco e determinação.

Uma frase: ”A mente que se abre a uma nova idéia jamais voltará ao seu tamanho original.” Albert Einstein


Mini Biografia: Eu sou uma pessoa que gosta muito de ler, desde romances até livros extremamente técnicos. Adoro escrever ficção cientifica e gosto de colocar elementos como suspense e mistério para temperar a história.

Gosto muito de música e procuro não fazer distinção por gêneros ou estilos, na verdade o que eu busco em uma música, de um modo geral, é uma boa harmonia e uma bela melodia. Assim num dado momento posso estar ouvindo Tchaikovsky e no momento seguinte Guns N’ Roses. No que diz respeito à pintura eu sou fã de Salvador Dali. Uma outra grande paixão é fazer programas para computador, principalmente em linguagem JAVA. No mundo da ciência admiro os trabalhos de Albert Einstein, Niels Bohr, Erwin Schrödinger entre outros.

Sou um entusiasta pela vida. Acredito que cada um de nós é um universo em movimento. Criamos e recriamos a nossa realidade em função dos nossos pensamentos. Penso que a nossa vida é extremamente importante para todo o Universo. Não estamos aqui por acaso.

Somos cocriadores e inventamos um universo novo à medida em que vivemos.


LIVROS ESCRITOS: Hathor


Um Pouco mais Sobre "Markus Thayer"

1. Quando e como você resolveu que queria se tornar escritor? Você teve o apoio de alguém em especial?
Markus Thayer: Eu sempre gostei de escrever, porém não tinha intenção de publicar. Foi a autora de “Estrela Píer” Kamila Denlescki quem me incentivou a publicar Hathor.

2. Como surgiu a ideia de escrever um livro?
Markus Thayer: A ideia surgiu após eu ter assistido um documentário sobre genética em 1995. Nessa época escrevi parcialmente o livro depois engavetei e só o retomei em 2009.

3. Como foi o processo de pesquisa para a criação do livro?Ao começar a escrever, você se inspira em alguma obra, filme ou pessoa?
Markus Thayer: No caso de Hathor a história já estava bem desenvolvida. O maior trabalho foi criar os personagens, cenários e sequencia de cenas. Quando estou escrevendo eu busco inspiração em Julio Verne, J.J. Benitez, Dan Brown, Charles Haanel entre outros.
4. Sabemos que no Brasil é um pouco complicado lançar um livro. Como foi esse processo pra você? Quais etapas seguiu? O que você sentiu ao ver seu livro impresso?

Markus Thayer: Na verdade tanto escrever como publicar Hathor foi muito tranqüilo e não enfrentei maiores problemas. Isso porque eu aproveitei a experiência da Kamila que me deu valiosas dicas a respeito de quais cominhos seguir e da minha esposa Marcia que ajudou durante todo o proces .

Quanto a ter a sua obra impressa e distribuída é uma felicidade enorme, algo quase indescritível.

5. Se você conseguiu ter seu livro publicado. Como foi ver o primeiro exemplar impresso, saber que ele iria chegar ao público?
Markus Thayer: É muito bom poder divulgar os seus pensamentos. Muitas pessoas já leram Hathor e todos tem recebido o livro com muito carinho, como é próprio do povo brasileiro. Tenho recebido muito incentivo através de blogs e das redes sociais.

6. Você acredita que os brasileiros estão se interessando mais por nossos novos autores, ou que ainda existe certo preconceito literário por parte do leitor?
Markus Thayer: Eu acredito que idéias não têm nacionalidade, são um patrimônio da humanidade, assim encontraremos obras maravilhosas escrita por brasileiros, ingleses, alemães, americanos, enfim por todos. Assim, e não acredito que exista preconceito com relação ao livro nacional, o que, talvez, precise seja um pouco mais de publicidade.

7. Para você, qual a importância da literatura e do hábito de ler?
Markus Thayer: Aqui é necessário citar Monteiro Lobado "Um país se faz com homens e livros". A leitura cria novos horizontes, abre caminhos materializa oportunidades.

8.Conte pra gente um pouquinho dos seus planos futuros na área literária.
Markus Thayer: Pretendo lançar a continuação de Hathor.

9. Você está trabalhando em algum novo projeto no momento? Se sim, conte um pouquinho sobre ele.
Markus Thayer: Estou trabalhando na continuação de Hathor e em duas outras obras.
Também estamos trabalhando em um grande projeto que não está diretamente relacionado com a literatura e estou convicto de que irá agradar a muita gente. É algo que pretendemos lançar no Brasil e no Exterior. Por enquanto é segredo, mas não por muito tempo...


Um breve bate-papo:

Quando escrevo: Deixo a mente voar de mãos dadas com a imaginação.
O que me inspira: A paz, o bem, a felicidade, os bons sentimentos, o amor...
No meu tempo livre: Musica, muita musica.
Não saio de casa sem: um profundo sentimento de gratidão.
Estou lendo: The Battle of the Labyrinth - Rick Riordan
Meu livro de cabeceira é: A chave Mestra – Charles Haanel
Sou fã de: Albert Einstein
Não gosto de: ter medo
Meu maior sonho é : Ver Hathor no cinema
Não viveria sem: Amor
Estou a procura de: Felicidade
Um livro nacional que eu li e gostei: Estrela Píer – Kamila Denleskhi
Meu personagem preferido é : Mestre Oogway do Kung Fu Panda

Quer deixar alguma mensagem aos leitores do blog?

O grande recado que eu gostaria de deixar é que você deve acreditar nos seus sonhos e jamais desistir deles. Quando colocamos a nossa atenção em um determinado assunto, esse assunto naturalmente se expande e fica mais presente em nossa vida e nossa realidade. Nossos pensamentos, sem que percebamos, vão aos poucos criando a nossa realidade. Assim, procure controlar os seus pensamentos. Procure focar a sua mente em coisas boas, na beleza do mundo, no bem estar e na alegria. Com isso, certamente, a sua vida ficara mais alegre, mais plena, mais rica, mais cheia de amor e paz.

Markus Thayer

7 comentários:

  1. Simplismente adorei a entrevista do autor. Uma das melhores estrevista que já li no seu blog. Patabéns pela entrevista e muito sucesso ao Markus e ao blog. Beijos :g

    ResponderExcluir
  2. entrevista muito bem feita, parabéns ;D

    ResponderExcluir
  3. Oi, Angel, tudo bem?

    Adorei sua entrevista! As perguntas foram muito bem colocadas! Eu também entrevistei o Markus há um tempinho para o blog, ele é super gente fina. Parabéns!

    Beijos

    Lu Tazinazzo
    http://aceitaumleite.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Anelise: Fico muito feliz que tenha gostado da entrevista. E desejo muito sucesso também ao Markus.

    Olive e Iasmim: Obrigada queridos e fico felizona por terem gostado da entrevista.

    Lu: Tudo bem sim querida. Que bom que gostou. O Markus é muito querido mesmo.

    Obrigada pelos Comentários.
    Beijokinhas da :h Angel

    ResponderExcluir
  5. Eu simplesmente amei sua entrevista.
    Sua dedicação é sempre notável em seus posts.

    Quanto ao Markus, adorei as respostas.
    Concordo plenamente quando disse "você deve acreditar em seus sonhos e jamais desistir deles".

    O que mais gostei em seu livro foi a parte que aborda o poder dos pensamentos.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. meu blog nem imagina o quanto.

    Concordo com você mel, com a frase de que Markus citou, não devemos deixar de acreditar nos nosso sonhos.

    OBRIGADA PELO COMENTÁRIO
    ٩(-̮̮̃-̃)۶
    Beijos, Angel

    ResponderExcluir


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.