quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Entrevista Escritores: Ronaldo Luiz Souza

Nome: RONALDO LUIZ SOUZA
Cidade/Estado:
SANTOS DUMONT, MG

Um livro:
Memória Póstumas de Brás Cubas
Um autor:
Machado de Assis

Uma música:
Aquarela, Toquinho
Uma banda:
U2

Um filme:
Blade runner
Um ator:
Selton Melo
Uma atriz:
Alessandra Negrini

Defeito:
Teimosia
Qualidade:
Perseverança

Uma frase:
Na vida ou encontramos um caminho, ou abrimos um (Aníbal – Chefe militar Cartaginês)


Mini Biografia: RONALDO LUIZ SOUZA é autor do Livro Raízes e Asas – A Busca pela Sabedoria do Caminho. Publicou até o momento duas dezenas de contos em antologias de inúmeras editoras nacionais, sobre vários gêneros da literatura: do Drama ao Romance, da Fantasia à Ficção Científica e ao Terror. As antologias podem ser adquiridas no site das editoras e estão relacionadas no Blog http://cantodetextosepalavras.blogspot.com


LIVROS ESCRITOS em co-autoria: Réquiem para o Natal, Universo Paulistano, Solarium 1 e 2, Contos Selecionados de Novos Autores Brasileiros, Fiat Voluntas Tua, Assassinos S/A, Enigmas do Amor, Paradigmas 3 e 4, Dias Contados, Invasão, Metamorfose, Poe 200 anos, Contos de Outono 2009 e 2010,Contos Selecionados de Novos Autores Brasileiros 2009, Antologia Especial Bienal de Minas Gerais 2010, Cyberpunk, Bandeira Negra.


Um Pouco mais Sobre "VOCÊ"

1. Quando e como você resolveu que queria se tornar escritor? Você teve o apoio de alguém em especial?

Ronaldo Luiz Souza: Desde muito cedo. Ainda garoto criei minha primeira história em quadrinhos. Colecionava revistinhas e de tanto ler, resolvi criar também algumas histórias.

Mas isto foi esquecido durante muito tempo. Apenas na adolescência voltei a escrever: poemas, letras de música e peças de teatro. Daí pulei para a literatura. Escrevi meu primeiro romance (ainda inédito!) e o engavetei. Mas após a faculdade e meu emprego conquistado, perguntei pra mim mesmo: E agora? O que há mais para viver? Qual o sentido de uma vida onde todos os dias são previsíveis e monótonos em sua rotina? Passei um tempo nesta reflexão existencial, até descobrir que aquilo que mais gosto de fazer, que me realiza como ser humano, é escrever boas histórias, aquelas que eu também gostaria de ler, e que ainda não haviam sido escritas ou contadas. No início não tive apoio algum, nem mesmo reconhecimento. Depois fui colhendo um incentivo em forma de elogio aqui e outro ali que me levaram a acreditar que poderia escrever boas estórias.


2. Como surgiu a ideia de escrever um livro?
Ronaldo Luiz Souza: Das idéias insistentes, dos sonhos repetidos, das imagens instigantes que teimavam em aparecer mesmo depois de esquecidas. Elas passaram a fazer sentido e não me deixaram descansar até que as coloquei no papel e as transformei no livro Raízes e Asas.

3. Como foi o processo de pesquisa para a criação do livro?Ao começar a escrever, você se inspira em alguma obra, filme ou pessoa?

Ronaldo Luiz Souza: A pesquisa é parte essencial em qualquer livro porque sempre há referências ao mundo real que devem ser seguidas. No caso de Raízes e Asas pesquisei a fundo as migrações de diversos animais, principalmente das aves. Para escrever o livro eu precisava de respostas aparentemente simples, mas cujas respostas exigiram profundo conhecimento: Por que os animais migram? De onde e para onde? Quando e Como? Quais meios utilizam? Como sobrevivem?
Estas foram apenas algumas das perguntas. Li livros sobre o tema, assisti vídeos, pesquisei na internet. Um escritor sempre precisa ser claro, objetivo e verdadeiro naquilo que escreve. Mesmo quando inventa uma estória, ele a inventa baseado em elementos reais.

A inspiração para a história de Raízes e Asas veio aos poucos, não nasceu de nenhum livro ou filme, mas sim de sonhos, sempre com uma carga emocional muito grande. Eu via o pássaro e sua angústia: toda a liberdade do mundo e, em determinado momento de sua vida, atado ao sofrimento, incapaz de se libertar. O pinheiro, dono de uma personalidade otimista e sonhadora, poética até, teve de reinventar a si mesmo em sua solidão. E o desenrolar da história de ambos nada mais é que uma alegoria da vida humana: nossas angústias, dificuldades, frustrações, sonhos, fracassos, vitórias e prazeres. Se Raízes e Asas não tem personagens humanos (a humanidade aparece apenas como uma referência: causa das devastações e mortes) deixa entrever em seu lirismo, como uma fábula que é, toda a imensa gama de emoções, sentimentos, dúvidas e reflexões que habitam em nós e nos acompanham na busca pela nossa própria verdade.


4. Sabemos que no Brasil é um pouco complicado lançar um livro. Como foi esse processo pra você? Quais etapas seguiu? O que você sentiu ao ver seu livro impresso?

Ronaldo Luiz Souza: Foi uma experiência frustrante e difícil. No início, como todo autor iniciante, colecionei cartas de rejeição das editoras. E constatei que muitas delas, senão todas, sequer liam o original. E demoravam cerca de seis meses para responder. Uma lástima. Então, decidi engavetar alguns originais para oportunidades mais propícias, e resolvi trabalhar durante dois anos com antologias. Foi uma ótima oportunidade para exercer a criatividade em uma infinidade de gêneros literários: drama, romance, ficção científica, horror, suspense. Publiquei em umas vinte antologias até o momento. No meu blog principal (http://cantodetextosepalavras.blogspot.com/) existe a relação de todos os livros publicados em co-autoria.

Após algum tempo, decidi que publicaria Raízes e Asas de qualquer forma, e aconteceu de, na época, eu vir a conhecer a Editora Usina de Letras, através de meu amigo José Araújo, que acabara de publicar um livro por lá. Vendo que o pessoal estava engajado em realizar um bom trabalho, resolvi arriscar e acredito ter feito uma boa escolha. O livro já pode ser adquirido em algumas livrarias físicas e virtuais, como a Saraiva, Cultura, Siciliano e Travessa. A relação de todas encontra-se no blog do livro (http://livroraizeseasas.blogspot.com/) e encontra-se constantemente atualizada, bem como das notícias a respeito do livro.
Quando peguei o primeiro exemplar impresso fiquei muito feliz e tive certeza de ter realizado um sonho pessoal.


5. Se você conseguiu ter seu livro publicado. Como foi ver o primeiro exemplar impresso, saber que ele iria chegar ao público?

Ronaldo Luiz Souza: Sempre é uma satisfação e alegria para um autor ter seu livro publicado. Não foi diferente para mim. Um misto de excitação, alegria e realização pessoal toma conta do autor no dia do lançamento daquele livro gerido por tanto tempo em sua mente.

6. Você acredita que os brasileiros estão se interessando mais por nossos novos autores, ou que ainda existe certo preconceito literário por parte do leitor?
Ronaldo Luiz Souza: Acredito que os brasileiros estão se interessando mais pela literatura brasileira, mesmo porque queremos nos identificar com os personagens, seus dramas e aventuras e nada melhor que estórias baseadas em nossa própria realidade. Hoje possuímos muitos autores nacionais que produzem obras de qualidade e não ficam a dever nada a autores estrangeiros. Preconceito se ainda há, acredito ser porque ou a pessoa não tem lido os livros brasileiros atualmente lançados no mercado ou não tem lido aqueles de seu gênero predileto. Basta pesquisar na internet para saber os inúmeros escritores iniciantes que já produziram livros de qualidade em muitos gêneros diferentes.

7. Para você, qual a importância da literatura e do hábito de ler?

Ronaldo Luiz Souza: A literatura é fundamental para a educação e o aprimoramento da pessoa. Abre horizontes e mundos desconhecidos, amplia o saber e leva à reflexão sobre a realidade e o mundo atual. A literatura presente em minha vida desde a mais tenra idade, adicionou novas nuances e encanto à minha vida.

8.Conte pra gente um pouquinho dos seus planos futuros na área literária.

Ronaldo Luiz Souza: Há planos para muitos livros em diversos gêneros. Afinal gosto muito de uma boa estoria, independente de ser uma drama ou uma ficção-científica. O que importa é que a estória nos traga emoção e encanto.

9. Você está trabalhando em algum novo projeto no momento? Se sim, conte um pouquinho sobre ele.

Ronaldo Luiz Souza: Sim, estou atualmente mergulhado na concepção e escrita de um novo livro. O tema ainda é segredo, mas será bem diferente de meu primeiro livro e misturará aventura, terror, romance e suspense aqui mesmo em terras tupiniquins.

Aproveito para agradecer a oportunidade da entrevista e sua simpatia. Um abraço a todos os leitores de seu blog.
Contato do Autor:

3 comentários:

  1. Oi minha querida!

    Com certeza, uma história é ótima, mas a pesquisa para tal é essencial também..E ter o livro impresso é a realidade do seu sonho, imagino que uma das melhores coisas para um escritor..

    Parabéns pela entrevista querida!

    ResponderExcluir
  2. Adoro as entrevistas com os autores, ansiosa pra saber qual será o proximo autor a ser entrevistado!

    Beijos :g

    ResponderExcluir
  3. ➟Effy: Minha Linda adoro seus comentários e fico feliz que tenha gostado da entrevista e concordo com que disseste!

    ➟Anelise: Que bom que gostou, fico muito feliz mesmo!

    Obrigado pelo comentário querida.

    BJUS ٩(●̮̮̃•̃)۶
    @AngelKiller_

    ResponderExcluir


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.