sábado, 11 de fevereiro de 2012

English não, ingurisshu.


Minna san donmo ( olá pessoal).
Hoje vou fazer uma postagem que já publiquei em meu blog logo quando o criei e ainda não havia  nenhum seguidor. Portanto, quase ninguém a leu e acho a matéria interessante, principalmente para ser discutida em um local onde há interesse na cultura japonesa como aqui. Eu já atualizei o conteúdo também, incluindo alguns fonemas que haviam ficado de fora na primeira postagem e o tema principal é sobre o inglês falado pelos japoneses comuns. 

Satte, sassoku ikimashou!!!! (Então, vamos ao que interessa!!).

  
Se você vem ao Japão e está afiando o seu Inglês como língua opcional por não falar Japonês, tenho uma péssima notícia para você: é melhor vir preparado com um plano B porque o Inglês falado normalmente pelo japonês comum só é entendido por outro japonês. Isso se deve ao fato de que no Japão se usa a linguagem “ katakaná,” — que não possui alguns fonemas ocidentais — para representar a pronúncia da língua inglesa. Vou citar alguns exemplos nos quais coloquei acentuação para dar a ideia da pronúncia usada: Tom Cruise virou Tomu Kuruzu; Roger Moore virou Rôja Múa; handsome é pronunciado rânsamu. Culture Center carutchá senta, World Cup é wárudo cápu e Google Earth é gúguru ássu. Todos os fonemas com “ L” e “ R” vão ser pronunciados do mesmo jeito. Dessa maneira as palavras em Inglês “rice”(arroz) e “lice”( piolho) vão ter a mesma pronúncia: ráissu. A mesma coisa vai acontecer com palavras que tenham os fonemas THI, SE, SI,CI : Something = samuSHIngu; Sea=SHIa; Sin City= SHIn SHIti. Outro fonema que não faz parte da lingua japonesa é o HU (RU), porque no grupo de consoantes HA,HI,HU,HE,HO (RA,RI,FU,RE,RO), Sim escreve-se o “H” que tem o som de “RR” mas no “HU” que deveria soar como os outros “RU” soa “FU” e é usado no lugar do som “F” e portanto o som “HU” que seria “RU” inexiste. Um exemplo do uso se faz na palavra em inglês “HOOK = gancho” que inglês se pronunciaria algo como “Ruuk” em japonês virou “FUKKU”,   e por aí vai.


Caso você não tenha um acompanhante nativo ou guia, evite os restaurantes tradicionais onde geralmente os menus são escritos na linguagem “ KANJI” — os ideogramas — e não há fotos dos pratos para ajudar os estrangeiros. A melhor opção é por lojas e restaurantes em shopping centers, onde se pode apenas pegar o ítem e levar ao caixa. Ou apontar para uma foto no menu. Para compras rápidas uma boa opção são as “ convenience store” ou “ Kombini” como são chamadas por aqui. Praticamente há uma em cada esquina.
Além das palavras soarem diferentes eles ainda tem a mania de as abreviar. Convenience Store= Kombiniensu Stoa virou “ Kombini”, Personal Computer = Pasonaru Compíuta virou “ Pasokon” , Remote Control =Rimóto Contôroru virou “ Rimokon” e Meat Spagethi = Mito Supagéti virou “ Mitosupá.”
Para complementar vou citar um fato curioso que aconteceu comigo logo que aqui cheguei. Era época do Natal e um brasileiro que já estava aqui há algum tempo comentou comigo que o nosso Papai Noel era conhecido como “ Santa Cruz no Ojisan” (o velhinho da Santa Cruz). Fiquei curioso, mas o rapaz não soube me explicar porque aqui Papai Noel era chamado de Santa Cruz. Só um ano depois, no Natal seguinte, quando estava mais acostumado com a língua, é que fui descobrir o motivo. Na verdade o nosso bom velhinho é conhecido nos Estados Unidos como Santa Claus que no Japão acabou virando Santa Kurôsu. E o brasileiro entendeu Santa Cruz.

Espero que tenham gostado e que seja de alguma utilidade para vocês.

Aproveitando, gostaria de convidar os leitores do Anime Daiki a participar de uma promoção que estou fazendo em meu blog e tem como prêmio dois livros e um bluray. Para maiores informações visitem meu blog: promoção3x1
Soredewa, mattané! (Então até a próxima!)


4 comentários:

  1. Adorei a postagem, vou começar a preparar o meu plano B, entendi bulufas de nada do inglês dos japoneses...

    Uma duvida: Você sabe falar esse idioma? =O

    Tem meme para você lá no blog: http://bit.ly/yo39cQ

    Espero que goste!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Evandro!
    Adorei a postagem, muito criativa e interessante.

    Beijos, Kamila
    http://vicio-de-leitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Se sair dois comentários a culpa é do blogger, eu estava escrevendo e de repente sumiu tudo.

    Como pode, além de eles não terem todos os fonemas eles ainda abreviam algumas coisas. Realmente complicado. Como eles não pensam nos estrangeiros, colocar só o ideograma..Eu como estou viciada nos dramas japoneses, coreanos e outros, tudo que é relacionado a cultura oriental me interessa rs..

    Muito boa a matéria Evandro!
    Beijos :D

    ResponderExcluir
  4. ✔Evan: Que postagem maravilhosa, e rica. Adorei esse belo texto que trouxe para o blog. Muito Obrigadissema!!

    ✔Samara e Kamila: Muito estranho O Inglês dos japas né, e muito bom a matéria do Evan!

    ✔Effy: As vezes o Blogger brinca com agente e faz isso né, mas seu comentário ta certinho.

    Muito dificil aprender assim, confunde mais ainda nossa cabeça né, e tenho que concordar com você tudo sobre a cultura oriental me interessa muito =D

    Beijos // Obrigadinha pelos Comentários! ٩(-̮̮̃•̃)۶

    ResponderExcluir


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.