sábado, 30 de junho de 2012

Crítica sobre: Gen Pés Descalços Vol. 1 e 2 {Quadrinho}

“E Vocês foram contagiados por essa doença. A Guerra é como uma doença, que cega e ilude as pessoas” (Pag17)


O primeiro volume de Gen Pés descalços conta a história da família Nakaoka, que por ser contrários a guerra são tachados como “Antipatriotas”.

Mesmo assim os Nakoaka não desistem de viver e de lutar pelo que acreditam, enfrentam vizinhos e militares defendendo seu ponto de vista em relação a guerra.

“Quem começou essa guerra foram os militares, manipulados pela classe rica deste País. A única coisa que eles querem é conquistar recursos Alheios na base da força Bruta. E o Povo é que leva a Pior”

Além da história da família Nakoaka, o mangá mostra a história do exercito japonês na guerra de 1945, juntamente contando a história da cidade de Hiroshima e da primeira “demonstração” do poder de uma bomba atômica.

Não conhecia este mangá, e me surpreendi com ele adorei, uma fonte rica de informações sobre a guerra e a bomba atômica largada em Hiroshima!

Triste Comovente e emocionante este é o mangá Gen Pés descalços! Recomendado, é claro que espero ter a oportunidade de ler resto de mangá e trazer minha opinião sobre ele a vocês, espero que gostem. SUPER INDICO ;)


"Em qualquer época da história da humanidade, é sempre a população pobre que mais sofre e morre por causa da guerra promovidas por um punhado de poderosos...!" (Pag27)

“Depois da bomba atômica, a morte era o inferno e viver se tornou algo mais que infernal ainda... Muitos sobreviventes continuavam a chorar tristes lágrimas de sofrimento por todos os cantos onde se refugiavam” (Pag256) 


O Segundo volume do mangá Gen Pés descalços com o nome de 'O Trigo é Pisoteado' continua a contar a trajetória da família Nakaoka, após a bomba atômica ser lançada em Hiroshima.

Gen enfrenta a dor e o terror, sozinho ele tenta ajudar sua família deste triste desastre, ele acaba por ver seus irmãos e Pai morrerem na sua frente sem ter o que fazer para ajudar. Gen se torna o apoio de sua mãe unica sobrevivente de sua família da Bomba Atômica, ele se depara com o desespero, terror e a tristeza, mas mesmo assim ele junta forças pra lutar contra tudo e ajudar sua mãe e sua nova maninha Tomoko.

Neste volume conhecemos as consequências da bomba atômica, como ela foi e é destrutiva, terrível. Além da população estar sofrendo as consequências da bomba, ficamos sabendo mais sobre a consequência da radiação na população e além de todo esse sofrimento eles passaram por discriminação do seu próprio povo.

No final do Mangá tem uma nota do jornalista Takashi Yokota, da qual achei muito interessante conter no mangá, pois acaba nos deixando mais um pouco informados a respeito da história do mangá Gen e da Bomba Atômica.

Presciso confessar que gosto muito mais das capas brasileiras que as originais do Mangá. A capa deste segundo volume segue o padrão da primeira com exceção de que este não veio com os detalhes envernizados como o primeiro.

Muito mais emocionante, Triste e Comovente este segundo volume do mangá Gen Pés descalços! E claro que eu Recomendado... SUPER INDICO! 

"A Bomba Atômica não discrimina, mata desde bebês até velhos. E não é uma morte fácil, pelo contrario, é muito cruel e dolorosa. Não devemos permitir que isso aconteça em nenhum lugar do mundo." ISAO KITA Sobrevivente da Bomba Atômica.


Qual minha nota para o livro:


Título: Gen Pés Descalços #1 - O nascimento de Gen, o trigo verde
Autor: Keiji Nakazawa
Editora: Conrad

Sinopse: Gen Pés Descalços (Hadashi no Gen, em japonês) é uma história autobiográfica. Seu autor, Keiji Nakazawa, tinha 7 anos quando a bomba atômica atingiu Hiroshima, cidade onde morava com a família. Gen Pés Descalços foi primeiramente lançado em série, nos anos 1972 e 1973, na Shonen Jump, uma das principais revistas semanais de histórias em quadrinhos do Japão. É um relato comovente da difícil vida de uma família japonesa, vítima da bomba atômica, durante e após a Segunda Guerra Mundial. Teve um grande sucesso não somente entre os leitores jovens, mas também com pais, professores e críticos. Gen foi transformado em longa-metragem de animação, três filmes e até uma ópera. As edições em livro venderam mais de 5 milhões de exemplares só no Japão. Gen foi traduzido para o francês, inglês, alemão, esperanto, indonésio, norueguês, suecos e diversos outros idiomas, e lançado em mais de dez países. Foi a primeira história em quadrinhos japonesa a ser publicada nos Estados Unidos, onde foi incluída em uma lista de livros recomendados para escolas públicas. Transmitir a experiência da guerra, principalmente do sofrimento causado pela bomba atômica, para uma geração que não a conhece, ainda é um desafio complexo. Nesse sentido, Gen Pés Descalços cumpre perfeitamente essa missão ao trazer, para crianças e adultos de todos os lugares, um retrato honesto de emoções e experiências vivenciadas durante e após a Segunda Guerra Mundial.




Título: Gen Pés Descalços #2 - O trigo é pisoteado
Autor: Keiji Nakazawa
Editora: Conrad

Sinopse: O volume 2 da série aborda as consequências imediatas provocadas pela explosão da bomba atômica. Se antes desse trágico evento a população do Japão sofria com todas as privações inerentes a um país em guerra, depois dele precisou enfrentar um pesadelo ainda maior. A cidade ficou reduzida a escombros e um terço da população morreu vítima da explosão da bomba ou dos efeitos da radiação. Além da destruição de suas casas, os sobreviventes também enfrentaram a dissolução de suas famílias, pais perderam os filhos, crianças tornaram-se órfãs. E para piorar, tiveram que lidar com os então desconhecidos efeitos da radiação, que provocavam mal-estares súbitos capazes de matar em questão de horas. As consequências trágicas da bomba atômica também atingiram os Nakaoka. Mas, embora abalado pela onda de destruição e morte que tomou conta de sua vida, Gen está determinado a viver, para o bem de sua mãe e de seus irmãos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.