domingo, 26 de agosto de 2012

Resenha#144 Charlotte Street - O amor pelas ruas de Londres


Autor: Danny Wallace
Páginas: 399
ISBN: 9788581630038
Ano:2012
Editora Novo Conceito
Compre em:  Submarino.com.br

Sinopse: Tudo começa com uma garota... (porque sim, sempre há uma garota...) Jason Priestley acabou de vê-la. Eles partilharam de um momento incrível e rápido de profunda possibilidade, em algum lugar da Charlotte Street. E então, em um piscar de olhos, ela partiu deixando-o, acidentalmente, segurando sua câmera descartável, com o filme de fotos completo... E agora Jason — ex-professor, ex-namorado, escritor e herói relutante — se depara com um dilema. Deveria tentar seguir A Garota? E se ela for A garota? Mas aquilo significaria utilizar suas únicas pistas, que estão ainda intocáveis em seu poder... É engraçado como as coisas algumas situações se desenrolam...

Minha Opinião: O livro trás a estória de Jason Priestley. Tudo começa quando ele depara-se om uma mulher desconhecida e a ajuda a carregar suas sacolas. Um troca de olhares, uma maquina esquecida, nenhuma palavra a não ser "Obrigada". Um amor a primeira vista interrompido de momento, mas não por muito tempo!

Sobre a capa: Gostei muito dela, a imagem da torre do big bang de plano de fundo e o casal ali adimirando a imagem, já nos remete um pouco de como é a estória do livro ... romantica e belissima. A Lombada do livro segue o padrão da capa traseira, o que gostei muito, uma lombada bonita sempre embeleza a sua estente. (Concordam ou não concordam?). As orelhas seguem o padrão, mas em vez de ser laranja ela é azul. Gostei das escolhas de cores e capa e novamento estou a dizer adoro o trabalho da Novo Conceito.

Imagino que muitos diram que se interessaram pelo livro pela capa e por remeter a "Londres", ou seja, a história se passar lá, já deixa nós leitores com aguá na boca. Ou vão dizer que a maioria não sonha ou deseja retornar a londres? Então não poderia deixar de comentar também que este é um dos motivos de que fiquei curiosa a respeito do livro.
[...]“Acredito realmente que as coisas mudam, é claro. Mas, na minha experiência, acredito que, frequentemente, as coisas mudam porque as pessoas não mudam.”[...]
Sobre a diagramação do livro, como de padrão as folhas são amarelinhas (polén) o que é muito bom, pois a leitura rende muito mais.Os capitulos são separados, os capitulos aqui não são contados com numeros, e sim com  titulos diferentes a cada novo capitulo, as letras são pequenas, mas nada que atrapalhe a leitura.

A Narrativa é em primeira pessoa. Simples, fácil e rápida, assim tornando a leitura agradável. É um livro pra entretenimento, pra você sentar daquele lugarzinho especial de leitura e le-lo em uma tacada só. 


Ainda sobre a narrativa, o autor nos apresenta o personagem Jason, nos contando sua história (“a você, leitor”). Sim sim ele narra como se tivesse conversando com o leitor. De começo achei estranho, não lembro de ler algo que remetesse desta forma, mas achei interessante.(A impressão que o leitor têm é que somos um dos personagens do livro).

 Romance não é o gênero que eu mais amo, mas sim eu gosto de ler romances. Gostei do livro, mas não me apaixonei como a maioria dos leitores. Mas isso não significa que o livro seja ruim, pelo contrario o livro é bom! Digo isso, pois comparando com muitas das opiniões que vi, é que a minha não esta tão empolgada quando as demais!


O livro têm pontos positivos e negativos. (o que eu considero normal). Um dos pontos positivos, é a criatividade da estória e da narrativa,  que é narrada por um homem. (Adoro narrativas masculinas).  Outo ponto que preciso ressaltar é que o romance, não trás clichês, mimi. Jason não é o cara inalcançável por ser muito gato e bla bla. E sim ele é um homem da vida real. Um romance que se passa  em Londres, só poderia dar uma linda história de amor! . O Ponto negativo, é que o protagonista do romance, nos cança um pouco com suas divagações.
[...]"“Há sete milhões de estranhos nessa cidade e sorrirei para alguns deles hoje, só no caso de alguém estar me procurando.  Seria embaraçoso se ninguém tivesse.” [...]
Não posso esquecer dos trechos que estão junto com a história. No decorrer do livro encontramos vários fragmentos de "Proverbio tradicional da tribo de Shona,Zimbábue. (Os trechos estão nas seguintes páginas: 77,106,107,174,75,238,239,309,310,344,345,367,368,389).  Adorei estes trechos, tanto que os dois quotes da resenha tirei deles.

Impossível você não correr para o google e pesquisar mais(olhar  fotos), sobre londre e charlotte street. Eu fiz isso e você também fez ou não?

Como a capa do livro trás este é um romance: Engraçado, Inteligente, Irreverente .... Se você gosta de romance e quer ler algo novo. diferente que fará você se sentir um dos personagens de Charlotte Street. Leia-o!!

AVALIAÇÃO
 



P.S: Preciso comentar sobre a fotinho do autor, ele me lembra muito o vocalista de uma banda aqui do sul o  Thedy Corrêa da banda nenhum de nós. Sério vai dize que ele não são parecidos! {Risos}

Um comentário:

  1. Quero muito ler esse livro, parece bem legal!

    Beijão

    Lu Tazinazzo
    http://aceitaumleite.blogspot.com.br

    ResponderExcluir


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.