quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Crítica sobre: Captain Wentworth's Diary {Livro}

Mais um diário de um dos mocinhos de Jane Austen pra suspirar...
-Contém spoilers do livro Persuasão (Jane Austen, 1818)-


O Capitão Frederick Wentworth nos conta como em um encontro entre famílias, por acaso conhece Anne Elliot, e como de cara já se encanta por ela. Depois de alguns encontros tal encanto só se faz aumentar e Wentworth chega ao ponto de pedí-la em casamento. Anne aceita, sua família aceita. Mas a persuasão de sua amiga Lady Russel faz com que ela cancele o casamento e parta o coração do jovem capitão.

Tudo é narrado desde o começo (começo que não existe no livro de Jane Austen), desde quando Wentworth conhece Anne e como ele tem seu coração partido por ela.

Anos depois de terminarem o noivado - mais precisamente oito anos depois - o destino une Anne e Frederick de novo. A moça, assim que se reencontram, se lembra do quanto se arrepende de sua decisão e enfrenta vários conflitos internos tentando decifrar os sentimentos que o capitão nutre por ela.

No diário do Capitão Wentworth descobrimos e (re)vivemos como ele se sentia - o tempo todo - ao ter Anne Elliot outra vez em sua vida.
Não existe nesse mundo história mais suspirante do que Persuasão. E tinha que ser da Jane Austen, é claro.

E Deus ilumine Amanda Grange por ter nos dado a oportunidade de suspirar mais ainda com os diários que ela criou para os nossos heróis favoritos (lembram do Darcy e do Knightley?), pois não há nada mais romântico que conhecer essas histórias lindas pela visão masculina.

O que eu não gostei muito no livro em questão foi o fato de ser contado desde quando eles se conhecem, já que a obra "original" começa com os oito anos já passados. Eu prefiro assim, com essa coisa em aberto. Ou vai ver eu só puxo muito o saco da Jane Austen mesmo.

Ainda assim, e ainda que o mocinho de Emma tome lugar à frente do de Persuasão em meu coração, o segundo romance é mais intenso e muito muito emocionante, de suspirar de verdade. Deixo vocês com um trechinho:

"I am half agony, half hope. Tell me not that I am too late, that such precious feelings are gone for ever. I offer myself to you again with a heart even more your own than when you almost broke it, eight years and a half ago. Dare not say that man forgets sooner than woman, that his love has an earlier death. I have loved none but you."
Beijos mil!

Qual minha nota para o livro:


Autora: Amanda Grange
Páginas: 304
Editora: Berkley Trade

SINOPSE ORIGINAL: The retelling of Jane Austen’s novel Persuasion from the point of view of Captain Frederick Wentworth—by the author of Mr. Knightley’s Diary.
During his shore leave from the Navy, Frederick Wentworth falls in love with the elegant and intelligent Miss Anne Elliot—only to see his hopes of marrying her dashed by her godmother.
Eight years later, Wentworth has realized his ambitions. A wealthy captain, he has pushed his memories of Anne to the furthest recesses of his mind—until he sees her again. And though Anne’s bloom has faded, Wentworth is surprised to find that his regard for her wit and warmth has not.


2 comentários:

  1. Oi flor,
    Como vai?

    Depois de ler esta resenha fiquei muito interessada para ler este livro.
    Já coloquei o banner de seu blog em meu cantinho,estou muito feliz com nossa parceria.

    Bjok@s e sucessos

    ResponderExcluir


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.