domingo, 28 de abril de 2013

Resenha: Um Certo Verão {Livro}



Como começar de novo quando o amor de sua vida se foi? 

Autor: David Baldacci
Páginas: 272
Editora: Arqueiro
Sinopse: Diagnosticado com uma doença terminal, Jack passa seus últimos dias se despedindo da esposa Lizzie e de seus três filhos. Inesperadamente, uma nova tragédia se abate sobre a família: Lizzie sofre um acidente de carro e morre. Com isso, as crianças são obrigadas a morar com outros parentes. Quando tudo parecia perdido, Jack se cura e reencontra seus filhos. Num verão inesquecível, ele luta para reconstruir a família e reaprende a amar.



Minha Opinião

(AVISO) Se você ficou curioso, com  minha resenha e ainda não conhece o livro, um concelho não leia a sinopse do livro, ela deixa a desejar, tirando um pouco da surpresa e brilho que o livro trás.

Quando recebi as releases dos novos lançamentos, apaixonei-me pela capa. Assim que coloquei os olhos na capa, tive a mesma sensação quando vi a capa de Diário de Nicholas para Suzana. Prestem atenção, eu não estou comparando os livros, estou apenas contando a vocês, sobre a sensação que tive quando me deparei com a capa do livro!

Como já citei gostei muito da capa de Um Certo Verão, tanto a frente quando verso do livro estão lindos. Farol, Praia, vento, e pequenas dunas com capins, trazem ao livro um olhar belo, leve e romântico Uma capa que não é tão cheia de fru frus, mas que não deixa de ser linda! A ilustração da capa me deixa com vontade de ter um lugar ali, naquele cantinho do mundo para morar.

Preciso avisar, se você é daqueles leitores que não gosto de livros que te fazem chorar, está não é uma dica. Não sei se aconteceu com todos, mas pra mim ele causou inúmeras lagrimas, funga fungas.     O Bom é que o livro chegou na hora que estava com vontade ler algo com esse tema, e que me causa-se sim lágrimas. Têm horas que preciso de um livro bem emocional. Claro que terão pessoas que são serão exageradas como eu, e apenas se emocionaram com a história, sem necessitar, dos funga funga (risos).

O Livro trás a estória de Jack Armstrong. Um sobrevivente de guerras enquanto esteve no exército. Jack passa por muitas dificuldades que nunca poderia imaginar que aguentaria,. Mas agora a situação toda muda e ele se vê vencido, por uma doença. Com os dias contatos, Jack perde a esposa seu grande amor. O que causa grandes mudanças na sua vida e de seus filhos. Jack precisa recomeçar, superar a perda e ainda recuperar o amor dos seus filhos.

"Contudo agora, com os olhos pregados 
no teto e a mente tomada de angústia,
ele chorava."

A narrativa do autor, flui que uma delicia. Fácil, rápida  Ele consegue criar uma boa trama, que lhe prende do inicio ao final da estória. Os Personagens são bem construídos  Conseguimos ver muito das fragilidades, dos erros de nós humanos, eles estão carregados de sensibilidade, o que deixa o livro mais agradável ainda.

Não posso deixar de fazer a seguinte pergunta: Porque oda história trágica  de romance pontos a reconstrução é sempre em uma casa a beira mar? Não que não goste do senário plano de fundo da história. Gosto e muito, deixa a história mais romântica  bela e sensível  o que acredito seja ou não a resposta para minha pergunta. Só faço a mim está pergunta porque dos livros que li, tinham sempre um casal, família a ponto de desmoronar por doenças, separações trágicas e também novos recomeços e amor, tinham esse plano de fundo, praia, farol.

Outro ponto que preciso ressaltar sobre minhas sensações ao decorrer da leitura. E novamente eu lhes digo não é comparação são fatos, que quero dividir com vocês, a partir da leitura. Como James Patterson, David Baldacci, são mais conhecidos pelos seus thrillers. Não conhecia nenhum dos autores e em ambos comecei  por seus romances, o que podemos dizer que não é a praia deles né (risos). E como no Livro de James, aqui no livro de David, acabei por gostar muito da escrita do autor, e ficar curiosa para descobrir como será as histórias da fonte de seu sucesso, que são mais os thrillers.

" - A coisa mais difícil do mundo é se colocar
no lugar de outra pessoa, tentar sentir o que 
ela sente, entender os motivos dela, 
sobretudo quando é tão fácil simplesmente
rotulá-la."
Pag. 193

Já li pontos negativos a respeito do livro. Mas para mim acredito que mesmo com os pontos negativos foi um bom livro para conhecer o autor. E diferente de alguns que conheceram o autor por esse livro como eu. Quero sim ler mais de suas obras literárias  e claro que não posso deixar de lhes dizer para conhecer a história de Jack.

AVALIAÇÃO

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.