quinta-feira, 16 de maio de 2013

Resenha: I'd Tell You I Love You, But Then I'd Have to Kill You (Gallagher Girls)


"Sejam boas, ou sejam mortas!"


Autora: Ally Carter
Páginas: 320
Editora: Orchard
SINOPSE ORIGINAL: 
Cammie Morgan is a student at the Gallagher Academy for Exceptional Young Women, a fairly typical all-girls school-that is, if every school taught advanced martial arts in PE and the latest in chemical warfare in science, and students received extra credit for breaking CIA codes in computer class. The Gallagher Academy might claim to be a school for geniuses but it's really a school for spies. Even though Cammie is fluent in fourteen languages and capable of killing a man in seven different ways, she has no idea what to do when she meets an ordinary boy who thinks she's an ordinary girl. Sure, she can tap his phone, hack into his computer, or track him through town with the skill of a real "pavement artist"-but can she maneuver a relationship with someone who can never know the truth about her? 
 Cammie Morgan may be an elite spy-in-training, but in her sophomore year, she's on her most dangerous mission-falling in love.


  Cammie Morgan é uma estudante e moradora da "Academia Gallagher para Garotas Excepcionais". Ela mora lá não por ser um internato, mas porque é filha da diretora (uma posição às vezes cansativa).

 Nesse colégio elas não aprendem as matérias normais como Geografia, Matemática e  Inglês, mas sim coisas como: escaladas, leitura corporal e desarmamento de bombas.
  Junto com suas amigas Bex e Liz, Cammie vive uma vida de adolescente-gênio-quase-normal até o dia em que elas ganham uma nova colega de quarto: Macey  McHenry, que aparentemente não gosta de ninguém.
   É entre aulas complicadíssimas de espionagem - até mesmo para Cammie, que é conhecida como "camaleoa" por sua facilidade de se esconder - e a súbita chegada de Macey ao colégio que Cammie conhece Josh, um garoto que vive em um mundo completamente diferente do dela e parece gostar dela também. O problema: ela não pode contar à ele sua verdadeira identidade.

   Avaliação: ★★

  Pela capa e sinopse eu esperava algo mais Gossip Girl (coisa de bitch), mas me surpreendi. É mais uma historinha de adolescente com a singular - e divertida - diferença de que elas estão em um colégio que treina espiãs. Mas isso acaba meio que sendo deixado de lado com a chegada do Josh, porque a Cammie, que é "excepcional" não sabe como lidar com garotos (ah, me poupe!). Ele é aquelas coisas né, lindo, fofo, educado, inteligente, ou seja: não existe (se existir, é gay).
  Uma coisa interessante é que a relação da Cammie com a Macey me lembrou a Zoey e a Afrodite de House of Night. Quase-spoiler isso, rs.
  O nome "Eu Diria que te Amo, Mas aí Teria que te Matar" já diz bastante sobre o dilema em que a Cammie entra quando não pode contar pro Josh quem ela é. A garota inventa tantas mentiras que acaba criando aquela bola de neve, coitada.
  Tudo é narrado pela protagonista, o que pra mim só deixa a história mais bobinha. Mas enfim...
  Alguns volumes da série já foram traduzidos e esse primeiro se chama "Escola de Espiãs" no Brasil. Acho que foram lançados (em inglês) desde 2007 uns 5 livros já.


  Uma coisa que eu não posso me esquecer de deixar aqui é que decidi postar uma vez por mês, e avisar vocês... já que minha agenda está SUPER LOTADA e não estou dando conta de tudo. Então é melhor eu já deixá-los cientes do que esperando resenha. Acho que por enquanto vou vir postar na última quinta-feira do mês (bom, agora só dia 27 de junho então). Espero que tudo bem. 
  PS: Pretendo postar com mais frequência na coluna, já que isso não demanda a leitura de livros novos. Então a gente se vê! ;)
  
  Well, that's all. Até mais gente linda! 
  Beijo no ♥.

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.