segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Resenha: Love Likes Coincidences {Filmes}

  Coração partido... o meu.

SPOILER ALERT - ATENÇÃO! Este post conta uma ou mais partes do filme.



Título original: Aşk Tesadüfleri Sever
Gênero: Romance
Direção: Ömer Faruk Sorak
Roteiro: Nuran Evren Sit
Ano: 2011
País de Origem: Turquia
Elenco: Belçim Bilgin, Mehmet Günsür, Altan Erkekli, Ayda Askel, Berna Konur, Zafer Dermican, Sebnem Sönmez, Hüseyin Avni Danyal, Umit Dincer ...   


  Os pais de Özgür, prontos para o nascimento do filho batem o carro deles no carro dos pais de Deniz e provocam o rompimento da bolsa da mãe dela. É essa a primeira das coincidências na vida dos jovens que nasceram na mesma maternidade, no mesmo dia e hora, lado a lado.
 Love Likes Coincidences (não possui título oficial em português, mas vocês devem saber que significa algo como "O Amor Gosta de Coincidências") é nada mais do que uma história sobre destino.

  
Deniz e Özgür se tornam o primeiro amor um do outro
    A história é dividida entre o presente - em que os dois são adultos e vivem em Istambul - e frames do passado, em que conhecemos a infância e adolescência do casal.
    Desde o começo vemos a ligação dos dois, que vivem muito próximos, mas nunca se encontram de fato. O encontro só acontece quando Deniz vê numa propaganda uma foto sua de quando era criança. Ela decide ir até a exposição dessas fotos para saber quem é o responsável.


Özgür fotografa Deniz

   O responsável pela exposição é Özgür, mas o responsável por aquela foto em particular era seu pai, quem o inspirou na profissão. Deniz, que agora é atriz, se lembra do rapaz e de que era apaixonada por ele na infância. Os dois começam a conversar e relembram (nós junto com eles) os velhos tempos.
    Deniz está noiva mas logo no primeiro encontro sente uma conexão muito forte com seu amor de infância. E ele, é claro, sente o  mesmo. E me deixem dizer gente... o que são esses atores lindos? Esse moço que faz o Özgür é o encanto em pessoa: que sorriso, que olhar, que jeito de falar! Até eu me apaixonaria! Mas voltando... 
  
Relembrando... (reparem na carinha dele *-*)
    Como nem tudo nessa vida são rosas, descobrimos logo que nosso protagonista sofre de um sério problema do coração e precisa de uma cirurgia urgente para que possa continuar vivendo. Ele não conta isso nem para o melhor amigo, quem dirá para a garota dos seus sonhos, que acabou de (re)encontrar. Özgür esconde isso de Deniz pois não quer assustá-la e é com medo de perdê-la, entusiasmado com a paixão, que ele vai atrás dela para Ancara (cidade natal dos dois) onde ela se apresentará com seu grupo de teatro. Sim, ele vai atrás dela e perde sua cirurgia já marcada há tempos... deixo vocês imaginarem o final (duvido que acertem).
     
    
   A fotografia é linda, as atuações são encantadoras... tudo lindo! O final desse filme é surpreendente e único, pois tudo termina como começou: coincidentemente.
    Na fossa: foi onde fiquei quando acabou e me bateu aquela depressão pós-filme que durou dias. Está mais do que recomendado!

    Fiquem com o trailer (com legendas em inglês) dessa lindeza:



  

  PS: O filme tem outro nome (alternativo) em inglês, que é "Love, Just a Coincidence" (Amor, Apenas uma Coincidência).

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.