segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Segunda da Poesia#22


Decepção

A decepção me espera no fundo do lago
ela me espera no fundo do poço
ela não quer me esperar,
mas eu busco por ela,mesmo sem querer.

Vou fugir deste mundo
não agüento mais,estou aqui tremendo
medo,raiva,ódio,não agüento mais
esse mundo decepcionante.

Ta foda,ta foda,ta foda,pros otarios fuck you
pros imbecis vão se fuder,eu to nem ai
esse mundo não faz mais sentido
ta virado de ponta cabeça.

Estou escutando um som
O som é foda,destrói minha decepção
Minha raiva,meu ódio,minha tristeza
Continuo tomando essa maldita canção
Pra me livrar dessa decepção
Maldita canção continuo a tocar e cantar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.