quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Crítica Sobre: Garota Interrompida {Livro}

(2013. PG 48)"Por causa do meu desmaio em cima do balcão de açougue, passei a associar carne com suicídio, mas sabia que havia mais coisas por trás disso. A carne estava machucada, sangrando, espremida em uma embalagem apertada. E, por mais que tivesse passado seis meses livre desse pensamento, eu também estava."


O livro Garota Interrompida escrito por Susanna Kaysen, vai além de uma história sobre encontrar-se a si mesma. Susanna Consegue nos deixa a par de situações que na maioria das vezes feichamos os olhos, tapamos os ouvidos. Susanna Kaysen (Cambridge, Massachusetts, 11 de novembro de 1948) é uma escritora norte-americana, melhor conhecida por ser a autora do livro de memórias Girl, Interrupted, o qual foi adaptado para o cinema em 1999. Nessa obra, Kaysen relata suas experiências em um hospital psiquiátrico, na década de 1960, sendo interpretada pela atriz Winona Ryder no filme.
Sobre o material gráfico, só tenho elogios a editora. Bom este é o meu primeiro livro que leio do selo Única, e preciso dividir com vocês p capricho que a editora teve com o livro. Na capa que estamos acostumados a encontrar na web, não conseguimos ver os detalhes ricos, como o texto envernizado que fica na parte rosa da capa preenchendo todo ele, o que torna a capa mais bonita ainda. Adoro tons de rosa, e está capa está linda com esse tom. Em relação a diagramação interna o trabalho da editora aqui também está de parabéns, pois manteve o capricho. Os capítulos são separados, e suas aberturas contam com a folha rasgada como a capa. Não posso esquecer de falar que no decorrer do texto, encontramos as fichas médicas da paciente, da qual gostei, pelo fato delas agirem como complemento para história.
O livro conta a história/trás fatos da vida da própria autora e de como foi sua vida, quando estava internada.Susanna Kaysen, que nos seus 18 anos do ano 1967 é levada para o hospital psiquiátrico McLean, onde permanece por dois anos, tentando se recuperar e se encontrar a si mesma/intimo.

A escrita sempre diferente da imagem, consegue me tocar/comover muito mais. Susanna com sua narrativa, conseguiu causar em mim inúmeras emoções. A narrativa é tranquila, não tive dificuldades com a leitura. A construções seja dos personagens quanto da história estão bem elaborados. 
Um dos fatos que também não sabia a respeito do livro como o filme ter sido baseado nele (falo mais abaixo), o outro é de que o livro é uma autobiografia. O que em deixou surpresa, pois sinceramente não lembro de ter lido no filme Baseados em fatos em reais. 
É quase impossível não fazer a resenha do livro sem lembrar do filme. Não farei comparações, pois não lembro muito do filme. Terminei o livro e já partir pra escrever a resenha então assim que der estarei revendo o filme pra ver se houveram alterações, quais as mudanças... Por enquanto o que eu quero falar é que meu primeiro contato com a história foi o filme, e que não tinha a minima ideia, ou seja, nem se passava em minha mente, que Garrota Interrompida (filme) era baseado num livro. Pra mim esse fator além de me causar surpresa me deixou muito curiosa, me deixando com uma vontade imensa de rever o filme, mas com o diferencial de que só faria depois da leitura do texto (que é o que em breve estarei fazendo). 
Para encerrar deixo a seguinte questões: Vocês que já leram o livro e têm o filme quentinho em mente, o que acha que deveria ter mudado em ambos, ou qual mudanças gostaram ou não?

Garota Interrompida é um livro interessante/curioso que te deixa pensando nos assuntos ali abordados. Um toque de profundidade em sua narrativa. Se você tem curiosidade, para conhecer o livro que inspirou o filme, procure um exemplar e ótima leitura. Para finalizar, o livro pra mim foi bem aceito, é claro que teve alguns pontos que me deixaram chateada, mas nada que torne a leitura dele ruim. Acredito que pra você como eu goste de ler biografias, textos com vivencias reais que como este te abalam/perturbam indico a leitura de Garota Interrompida .


Qual minha nota para o livro:



Título: Garota, Interrompida
Autora: Susanna Kaysen

Sinopse: Quando a realidade torna-se brutal demais para uma garota de 18 anos, ela é hospitalizada. O ano é 1967 e a realidade é brutal para muitas pessoas. Mesmo assim poucas são consideradas loucas e trancadas por se recusarem a seguir padrões e encarar a realidade. Susanna Keysen era uma delas. Sua lucidez e percepção do mundo à sua volta era logo que seus pais, amigos e professores não entendiam. E sua vida transformou-se ao colocar os pés pela primeira vez no hospital psiquiátrico McLean, onde, nos dois anos seguintes, Susanna precisou encontrar um novo foco, uma nova interpretação de mundo, um contato com ela mesma. Corpo e mente, em processo de busca, trancada com outras garotas de sua idade. Garotas marcadas pela sociedade, excluídas, consideradas insanas, doentes e descartadas logo no início da vida adulta. Polly, Georgina, Daisy e Lisa. Estão todas ali. O que é sanidade? Garotas interrompidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.