quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Resenha: A Conspiração {Livro}


Uma viajem ao século IV, passando por Primeira Guerra Mundial, Religião, Engenharia, onde ficção e realidade se misturarão!

  A Conspiração é o quarto livro de Clive Clusser publicado pela Novo Conceito, os outros livros publicados pela editora aqui no Brasil foram, O Espião, A Caçada e o Reino. Clive Cussler é autor de mais de 50 livros, incluindo 22 romances com o herói Dirk Pitt, 10 aventuras da série NUMA Files e 9 títulos da série Oregon Files. Seus romances destacam-se como os mais vendidos no ¬ The New York Times. Entre suas obras de não ¬ ficção destacam-se ¬ The Sea Hunters e ¬The Sea Hunters II, que tratam das histórias reais de Cussler em busca de navios naufragados de importância histórica.
Desisti de entender como é a escolha dos livros, para serem lançados aqui, e consequentemente, de qual vêm primeiro que o outro. Digo isso porque de inicio, esperei receber os três lidos para ler em ordem, mas no final o que aconteceu é que dois tinham em foco o detetive Isaac Bell, (Livro 1 e 3) e dos Fargo (Livro 3) e agora uma nova aventura dos Dirk Pitt,(Livro 21). Este ultimo livro e aqui, resenhado autor escreveu em parceria com seu filho. Dirk Cussler tem MBA pela Universidade de Berkeley e trabalhou por muito tempo na área financeira. Hoje é escritor e presidente da NUMA, a organização sem fins lucrativos fundada por seu pai, que se dedica a preservar o patrimônio marítimo através da descoberta, da pesquisa arqueologia e da conservação de artefatos de naufrágios.
  A cada novo lançamento de Cussler, fico não só empolgada com uma nova história, que sei que me tirara o folego e fara com que minha paixão por descobertas aumentem. Outro motivo de minha empolgação são a escolha das ilustrações para as capas, a cada novo lançamento elas melhoram e ficam mais bonitas ainda. Adorei os tons de laranja da capa, e as ilustrações estão belíssimas e muito bem escolhidas. As ilustrações da capa, seja elas os desenhos detalhe no titulo, tudo remete aos acontecimentos no decorrer da estória do livro, o que eu gosto muito (como já sabem).
  Em relação ao material gráfico e diagramação interna, o livro segue o padrão dos outros três. Contando em si, folhas amarelas, fonte times, letras tamanho 12. Os capitulos são separados, intitulados apenas por ordem numérica (com o detalhe de um retângulo abaixo), o livro esta dividido em partes: Parte 1 o sonho otomano; Parte 2 O manifesto; Parte 3 A sombra do crescente; Parte IV O Destino do manifesto;se encerando com o epilogo, Os Salvadores. Ao total A Conspiração conta com 100 capitulos.
  Esse foi o segundo livro do autor do qual mais gostei, ele está ao lado de O Reino. A Conspiração conseguiu me fazer gostar mais ainda da narrativa do autor. Sua parceria com seu filho rolou muito bem, está foi uma das parcerias de escrita de Clusser que mais curti até então.
  Tudo começa quando o diretor da NUMA (Agência Nacional Marítima e Subaquática) estava trabalhando em uma de suas explorações, e acaba encontrando um navio naufragado que numa rápida vistoria parecia ser do séc IV. A partir da procura por respostas deste naufrágio. e ps artefatos que encontra Dirk tenta descobrir sua origem real, o que acaba por encadear rumos não esperados.
  Ficamos a par da história por pontos de vista diversos, mas é com Dirk que estaremos conectando estes pontos. Tanto os personagens quanto os acontecimentos estão bem trabalhados no texto. Ambas narrativas, conseguem se unir, fazendo com que não diferenciemos quem escreveu o que. A união de pai e filho fui muito bem, do começo ao final da leitura, seu texto nos prende. Uma história com suspense e ação. (2013. Pg.76) "Com isso Maomé mudou o mundo - disse Celik, os olhos faiscando em um misto de reverência e encantamento. - Devemos fazer o mesmo."
  Jà tinha dito em uma das resenhas dos livros de Clusser que sou apaixonada por lugares históricos, e que sonho em viajar e conhecer muitos destes lugares. A conspiração também faz suas expedições que deixam-me suspirando. Não sei os demais leitores, mas no decorrer dos capitulos queria ser um dos exploradores/historiadores, a procura de tesouros perdidos. (Me empolgo demais com esses temas)
  Acredito que pelo fato de Dirk Cussler ser presidente da NUMA, esse fator tenha ajuda muito na temática aqui escolhida que foi sobre navios, arqueologia, naufrágios.
  Dentre os quatro livro que já li, A Conspiração é o volume mais extenso. Quando recebi ele até me assustei com seu tamanho, não pensei que ele seria  deste tamanho, achei que seguiria o padrão dos demais. Mas isto não foi empecilho para leitura, pois a história de pai e filho e de nosso engenheiro Dirk Pitt me conquistou. Preciso confessar que o finalzinho me surpreendeu, ou eu não me liguei nas pistas deixando passar percebido, ou não me toquei mesmo, mas foi final interessante.
  Este foi um livro em que levei cinco dias para ler, mas foram validos cada um, pois gostei muito da história que os autores nos presentaram em A Conspiração!
  Têm livros que não consigo expressar tudo que senti na leitura este foi um dos casos. E também mais um dos livros de Cussler pra ficar na saudade!

P.S: Quem ficou curioso sobre a Agência NUMA, pode visitar o site e descobrir mais a respeito. (O site está em inglês)


Título: A Conspiração - Dirk Pitt - Livro 21
Autor: Clive Cussler

Sinopse: Uma embarcação romana naufraga no século IV. Durante a Primeira Guerra Mundial, um navio inglês é destruído por uma bomba. Atualmente, no Oriente Médio, ícones da fé islâmica são bombardeados. E um misterioso pergaminho relacionado à vida particular de Jesus pode limitar o poder da Igreja Católica. Como eventos e fatos tão distantes podem ter alguma relação? O engenheiro naval Dirk Pitt (Diretor da NUMA – Agência Nacional Marítima e Subaquática) está acostumado a explorações subaquáticas — e a revelar mistérios indecifráveis — e parece ser a pessoa mais indicada para trazer a público o elo entre esses episódios tão incompatíveis. Mas a que custo? Uma aventura que mistura ¬ ficção e realidade em uma criação cheia de surpresas e mistério. Acompanhe o incansável herói Dirk Pitt em uma história em que arrepiantes artefatos religiosos, a CIA e o Mossad misturam-se às mais magní¬ficas construções da arquitetura medieval.

AVALIAÇÃO

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.