segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Segunda da Poesia#29


Jeito matador

Quando a vi meu coração disparou
Meu coração virará um cavalo á galope
Não consegui tirar os olhos dela
Só quando estava distante a ponto de não a enxergar mais.

Tão bela, tão doce, tão inteligente
Tão legal, um anjo que me encanta
Pessoa que faz meu coração enlouquecer.

Eu a amo não sei como dizer
Não tenho coragem
Para essa garota é preciso é preciso ter mais do que coragem
É preciso ter temeridade
Não tenho coragem para outra garota
Imagina você.

Um sim seria o paraíso
O não será meu inferno
O não tentar será meu nada
O nada pode ser o pior de tudo.

Alguém amará um ser assim
Feio por vezes, calado, tímido
Talvez um pouco diferente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.