segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Segunda da Poesia#34



Partes

É estranho falar
Sem ao menos pensar
O que dizer.

Meu medo se converte em lagrimas
Minhas lagrimas se convertem em sangue
Meu sangue se converte na morte.

As esperanças acabam
Os olhos choram
As mentes param.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.