domingo, 22 de junho de 2014

Crítica sobre: Enquanto eu te esquecia {Livro}

"E essa era a pior parte de tudo aquilo. Ela não sabia quem ela conhecia, ou se conhecia alguém. Não sabia se alguém a amava, contava com ela, ou sentia sua falta."


Enquanto eu te esquecia, foi lançado aqui no Brasil pela Editora Única, sendo ele de autoria de Jennie Shortridge, autora de quatro romances best-sellers: Quando ela voou, Love & Biologia no Centro do Universo, Comer Céu, e Andando com a Rainha. Ela é um voluntário ávido e mentor, e é co-fundador da Seattle7Writers.org, um coletivo sem fins lucrativos, de autores que arrecada dinheiro e a consciência para a alfabetização. 

Capa Linda não? Título instigante, não? Bom eu adorei ambos, e eles foram motivos de querer ler o romance de Jennie Shortridge. A escolha da imagem da capa, os tons foram pontos favoráveis no livro, a diagramação interna está simples, mas bem caprichadinha, fonte times, tamanho doze, um bom espaçamento de texto, de tamanho o livro é mediano, mas o que me chamou atenção que por ser pequeninho e grossinho ele é muito leve e gostosinho de pegar. Ao total são trinta e sete capítulos, fechando em 379 páginas.
Quando o livro foi anunciado fiquei empolga, pois o título havia chamado toda minha atenção, não via a hora de pegar o livro e ler, mas assim que o recebi e comecei a ler, a situação se inverteu e Enquanto eu te esquecia acabou sendo uma leitura demora e não atingindo ao nível de empolgação da qual estava no começo.

O livro é narrado através da visão de três personagens: Lucie, Grandy e Helen, sendo ele focado na história de Lucie Walker, que acorda na praia de São Francisco em um dia frio, sem nenhuma memória, nada de sua vida, nem uma lembrança mais antiga, nada além de nada. Encontrada e encaminhada ao hospital onde a reconhecem, Lucie começa a 'digamos' rescrever sua vida, e tentar lembrar suas memórias. Emfim o livro me conquistou pela capa e título, mas não pelo texto. (triste).
A autora mantém uma narrativa rápida, simples e de fácil compreensão. A narração é em terceira pessoa, sobe pontos de vistas diferentes, onde somos apresentados aos poucos a cada personagens central da sua história, de Lucie como Grandy e Helen, personagens essenciais ara a trama.
Infelizmente, as lacunas, as perguntas sem respostas, são pontos que deixaram o livro pra mim com pontos negativos. Têm horas que a autora perde muito a mão na história deixando o leitor ao réu, como se sua história não tivesse um começo, meio e fim bem amarados. Outro ponto a ressaltar é que a autora poderia ter trabalhado muito melhor a trama da história, como disse o título é muito bom, a sinopse chama atenção e a história teria tudo pra ser muito melhor se a autora não tivesse deixado tantos porquês no decorrer do seu texto.

No Skoob eu dei quatro estrelinhas, pois lá não tem meia estrela. Emfim esse foi um livro daqueles que horas eu gostei, horas não. O título havia me chamado tanta atenção e o conteúdo acabou não sendo tudo o que eu esperei que poderia ser.
Sobre a recomendação de Enquanto eu te esquecia, o que quero deixar aqui, que como eu não curti você pode curtir esse tipo de história. Pra mim ela foi água com açúcar, pois esperava mais, mas você que ficou curioso com o livro pode gostar e achar minha opinião toda contraria da sua, estão leia e tire suas próprias conclusões.

Qual minha nota para o livro:


Título: Enquanto eu te esquecia - O que a memória apagou, o coração recorda...
Autor: Jennie Shortridge
Editora: Única

Sinopse: Lucie Walker não se lembra de quem é ou como foi parar nas águas geladas da Baía de São Francisco. Encaminhada para uma clínica psiquiátrica, ela aguarda até que um homem chega afirmando ser seu noivo. Entretanto, com seu retorno para casa, essa mulher sem memória vai tomando conhecimento de sua personalidade antes do acidente, da pessoa controladora, fria e sem vida que era, e dos segredos da infância e da família, assim como da situação do noivado e dos mistérios que podem ter provocado o acidente.
Será que ela quer isso de volta? Será que essa nova Lucie conseguirá manter o amor por Grady, ou a oportunidade de recomeçar será sua salvação?
Intenso, franco e incrivelmente emocionante, Enquanto eu te esquecia é um livro delicado, que nos questiona sobre a maneira que vivemos e nos lembra que sempre temos uma nova chance de ser feliz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.