segunda-feira, 23 de junho de 2014

Segunda da Poesia#53


Morte

Morte para alguns, o fim
Para outros apenas o começo
Para outros ainda, apenas uma solução
Uma solução para uma vida de decadência e tristeza.

Solução para um pobre coitado
que não tem mais vida, corroído pela própria
quase morto, resolve ver a morte como uma bela solução
o mundo se fecha, os sonhos se fecham, a mente se fecha, os olhos se fecham.

O fim,carnificina da carne
Ver o processo interessante da putrefação, minuto a minuto
A brutalidade do ser extinguida pouco a pouco
Nos confins do findo da terra,apodrecendo dia-a-dia.

O homem decapta o próprio homem
Brutalmente mata o seu próprio ser.

O começo, pode ser o começo de uma bela vida
Sublime e prospera
Sem tantas preocupações como hoje
Um ser calmo que não é brutal.

As pessoas escolhem, o fim ou o começo
Escolha e monte sua vida
Putrefação ou vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.