domingo, 24 de agosto de 2014

Crítica sobre: As Mentiras de Locke Lamora {Livro}

"- Essa coxia sem graça não representa a totalidade do meu reino, do mesmo jeito que a sua antiga casa não era realmente um cemitério - Correntes deu uma risadinha. - Nós aqui somos ladrões de outro tipo, Lamora. A farsa e o engodo são as nossas ferramentas. Não acreditamos em trabalho árduo quando uma cara falsa e uma bobagem bem-bolada podem ser tão mais eficazes." 


As Mentiras de Locke Lamora, é o primeiro livro da série Novos Vigaristas, publicado pela Editora Arqueiro. Lá fora a série se chama 'Gentleman Bastard ', e já têm três livros publicados, e pelo que vi deve vir mais uns quatros pela frente. O autor é Scott Lynch é um escritor norte-americano de fantasia que estreou com a obraAs Mentiras de Locke Lamora. Lynch é também bombeiro voluntário na sua terra natal. O primeiro volume da série Os Cavalheiros Bastardos: As Mentiras de Locke Lamora, foi lançado em português de Portugal.

Minha curiosidade a principio surgiu com a capa logo seguida do título e sinopse, mas quando vi a indicação/citação do Patrick Rothfuss, eu quis ler imediatamente, pois amo os livros desse homem, e por causa dele, bem por sua culpa que desejei mais ainda ler As Mentiras de Locke Lamora. Além da citação de Patrick Rothfuss, há a citação do conhecido George R.R.Martin que foi o motivo da maioria dos leitores que vi falarem como um dos seus motivos de leitura. Segue citações: "Uma história original, vigorosa e arrebatadora de uma nova e brilhante voz da ficção fantástica" (George R.R.Martin) e "Eu fiquei totalmente atordoado pela qualidade da obra:a linguagem e a construção de mundo, e da tama,a perspicácia e a destreza de Scott Lynch. Provavelmente é um dos cinco melhores livros que li na vida" (Patrick Rothfuss)

O que falar da capa ... eu adorei desde a escolha de tons a escolha das fontes e ilustração. A capa consegue passar, pelo menos para mim o ambiente da história do livro, o que me agradou mais ainda.
O livro possui dezesseis capítulos sendo eles divididos em quatro partes: Parte um/Ambição; Parte dois/Complicação; Parte três/Revelação e Parte quatro/Desesperado improviso. A diagramação interna é simples, não há separação de capítulos, onde acaba um inicia o outro, a fonte é times, se não me engano o tamanho dela parece ser onze.

Lamora, nos conta sua história, de órfão a ladrão. E ai ficamos a par da história da cidade a a complicada relação de politica, submundo entre outros. Cammor é uma cidade dividida entre plebeus e nobres, e um submundo governado por Capa Barvasi, este também controla todas as gangues (ladões) da cidade, mantendo um acordo de paz secreta com a nobreza. Porém há uma gangue particular chamada de "nobres vigaristas', este comandada por um sacerdote (padre correntes), este consegue realizar trabalhos sem que o sabido Capa descubra. E ai nos ficamos a par de quem são esses nobres vigaristas (Locke, Galdo, Caldo, Jean e Pulga) e de suas tramas e complicações que surgiram conforme a história vai seguindo.
A narrativa do autor, foi bem construído, sendo ela muito gostosinha e fácil de ser lida. O autor foi muito criativo ao desenvolver seu tema e personagens aqui marcantes e carismáticos. Locke Lamora, conseguiu me surpreender, pensei que seria apenas mais um livro, mas o autor desfez meus pensamentos e me apresentou uma história cheia de reviravoltas com um personagem que vai te conquistando a cada nova página lida. Não tem como você não ficar curioso querendo saber mais sobre a história sobre Lamora.
Não sei vocês, mas eu adorei a gangue dos nobres vigaristas, tem como não adorar Locke, Galdo, Caldo, Jean e Pulga. Cada um te conquista de uma forma diferente, e o carinho e amizade que eles tem um com os outros, é muito bonito. Amei esses garotos/homens, e claro Locke é meu preferido. *O*

A escolha dos cenários para história, é outro ponto forte, e a complexidade do submundo dos ladrões, o sistema politico e administrativo do universo de Lamora, surpreende o leitor. Mas não posso deixar de ressaltar sobre, o que são as construções desse universo principalmente as torres de vidros aqui ditos tendo sido construídos por alienígenas, me deixou de cabelos em pé de curiosidade (adoro o tem ufo), fiquei pensando, será mesmo que o autor vai misturar história medieval e ufologia? O> 

Pessoal que fique claro não é a história que é ruim, pelo contrário gostei muito de Locke Lamora, o problema, é que pelo que vi a série é grande (Porque histórias tão boas tem que ter tantos livros) e como tenho tanta série sem finalizar/conseguir comprar dá um dó de pensar que Lamora, vá entrar na lista de não sei se vou terminar. ;(

Espero que tenham gostados dos pontos que procurei ressaltar do livro, sei que não foi suficiente, mas realmente não sei mais o que fala e e também não quero contar muito do livro, quero deixar que vocês fiquem curiosos e se surpreendam com a narrativa e história que o autor criou.
Quem gosta de fantasia, mistérios, aventuras, trapaças, e boas pitadas de reviravoltas Locke Lamora é uma ótima opção para você leitor conhecer e se deliciar com a escrita de Scott Lynch.


Qual minha nota para o livro:


Titulo: As Mentiras de Locke Lamora
Nobres Vigaristas - Livro 01
Autor: Scott Lynch
Editora: Arqueiro

Sinopse: O Espinho é uma figura lendária: um espadachim imbatível, um especialista em roubos vultosos, um fantasma que atravessa paredes. Metade da excêntrica cidade de Camorr acredita que ele seja um defensor dos pobres, enquanto o restante o considera apenas uma invencionice ridícula.
Franzino, azarado no amor e sem nenhuma habilidade com a espada, Locke Lamora é o homem por trás do fabuloso Espinho, cujas façanhas alcançaram uma fama indesejada. Ele de fato rouba dos ricos (de quem mais valeria a pena roubar?), mas os pobres não veem nem a cor do dinheiro conquistado com os golpes, que vai todo para os bolsos de Locke e de seus comparsas: os Nobres Vigaristas.
O único lar do astuto grupo é o submundo da antiquíssima Camorr, que começa a ser assolado por um misterioso assassino com poder de superar até mesmo o Espinho. Matando líderes de gangues, ele instaura uma guerra clandestina e ameaça mergulhar a cidade em um banho de sangue. Preso em uma armadilha sinistra, Locke e seus amigos terão sua lealdade e inteligência testadas ao máximo e precisarão lutar para sobreviver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.