quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Review Original Book#34 – Educating Caroline


   “ - Well, actually, Mr. Granville, what I need is... what I need is for you to teach me how to make love.”


Autor: Patricia Cabot
Páginas: 353
Editora: Sonnet Books
SINOPSE ORIGINAL: Lady Caroline Linford is horrified to discover her fiancé, the Marquis of Winchilsea, in the arms of another woman. Seeking lessons in the art of romance, she turns to London's most notorious rake, Braden Granville. Soon, the lines between teacher and student fall away. On the subject of true love, the heart chooses its own unpredictable ways. 



  Caroline Linford é uma jovem bonita, delicada e um tanto inocente. Ela está noiva de Hurst Slater, marquês de Winchilsea, e faz o possível para agradar seu noivo.

  Certa noite, durante um evento em que estava com a família, Carol abre inadvertidamente uma porta e dá de cara com seu noivo... embaixo de outra! A outra na ocasião é Lady Jacqueline, uma formosa moça que também é comprometida.
   Caroline sai sem ser vista e, atordoada, decide que precisa aprender a realmente "agradar" seu noivo. É assim que ela pede ajuda a Braden Granville, o sedutor - e coincidentemente - noivo de Jacqueline, para que lhe dê lições de "como fazer amor".

   Avaliação: 

     Isso só pode acabar de um jeito, certo? Certo! 
     Caroline logo percebe que nunca teve "faísca" alguma com Hurst, mesmo gostando muito do rapaz. Ela é infinitamente grata a ele, de quem ficou noiva após este salvar a vida de seu irmão que fora baleado.
     Já Braden, que é conhecido como o "Lotário de Londres" no começo fica receoso com o pedido da menina - afinal ela é muito jovem, virginal e inocente.
     É clichê e fofinho, mas aconteceu aquela coisinha que me incomoda muito: a paixão super rápida: "oi, te amo" rs. É narrado em terceira pessoa e apresenta até um pouco do ponto de vista de Jacqueline e Hurst.
  Lançado originalmente em 2001, temos em Educating Caroline (literalmente Ensinando Caroline) um romance histórico leve e divertido. A leitura, no idioma original, é muito fácil e rápida.


  O livro foi lançado no Brasil há quatro anos (pela Planeta do Brasil) com o nome Aprendendo a Seduzir e com uma capa bem mais bonita que a da versão original, se me permitem dizer.
   E falando nisso se lembram da minha outra resenha da Meg (ou Patricia) Cabot, A Little Scandal? Na época não havia tradução e nem previsão de chegada ao Brasil, mas no ano passado chegou a versão em português pelas mãos da Quinta Essência e também com uma capa maravilhosa!
   (Sim, agora... dois anos depois, eu decidi que até que gosto desse tipo de literatura, rsrsrs.)


  Então é isso minha gente. Desculpem minha longa ausência dessa seção. 
  Um beijo no coração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.