quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Crítica sobre: O Poder da Espada {Livro}

"- Enquanto isso a União é sitiada por inimigos, perigos externos e internos. Gurkhul tem um imperador novo e vigoroso, que está preparando o país para outra guerra. Os nórdicos também estão fortemente armados, à espreita nas fronteiras de Angland. No Conselho Aberto, os nobres clamam por direitos antigos, ao passo que nas aldeias, os camponeses clamam por novos - disse, para então dar um suspiro profundo e concluir: - Sim, a velha ordem está desmoronando e ninguém mais tem força ou estômago para sustentá-la". (p. 79)


Joe Abercrombie foi educado na Lancaster Royal Grammar School, só para rapazes, e na Universidade de Manchester estudou Psicologia. Tendo sempre o sonho de, sozinho, redefinir o gênero literário da fantasia, começou a escrever uma trilogia épica baseada nas desventuras de um bárbaro, Logen Ninefingers. Joe mudou-se para Londres, onde viveu em um cortiço de classe baixa com dois homens à beira da loucura. Com um esforço heróico e o apoio de sua família, Joe terminou A Lâmina, em 2004, sendo publicada junto de um público insuspeito em 2006. Desde então, a obra já foi publicada em catorze países e as sequências, Antes que Sejam Enforcados e O Último Argumento dos Reis, foram publicadas em 2007 e 2008, respectivamente.

Quando a Editora Arqueiro lançou o livro, eu fiquei muito curiosa e comprei ele na pré estréia, comecei a ler ele e gostei muito da narrativa do autor, mas acabei o abandonando não por não ter gostado, mas porque as leituras da faculdade estavam tão extensas e havia os livros de parceria para ler dos quais eu ainda estava devendo e com isso acabei deixando O Poder da Espada de lado. Mas agora quando a editora lançou o segundo resolve pedir o segundo livro para tirar o livro dos abandonados e ler ele logo e iniciar o segundo volume, mas o que acontece, é que recebi o primeiro livro novamente, então resolvi pegar ele e ler de uma vez e parar de enrolar.
Ahhh, quando comprei a primeira edição a capa era diferente, e depois que o livro foi esgotado a Editora Arqueiro lançou-o novamente, mas com uma nova capa da qual eu me agradei mais que a primeira. Essa capa ela é mais bela, o mapa atrás a espada ensanguentada e a fonte do título encaixaram muito bem, deixando o livro mais belo ainda. A capa é fosca e algumas partes envernizada, a diagramação está muito caprichadinha, as folhas são pólen (aquelas amarelinhas), a fonte é times, o que me parece ser tamanho onze, os capítulos são separados.

O Poder da espada,é o primeiro livro de uma trilogia, que vêm a nos contar através de perspectivas diferentes a história de Jezal, Glokta e Logen, juntamente com o primeiro dos magos Bayaz. Através da união desses três guerreiros Jezal, Glokta e Logen, vamos conhecendo mais do mundo mitológico que o autor criou.
A narrativa do autor está bem construída/elaborada, sendo está muito tranquila de ser lida, pelo menos eu não tive nenhum problema com a escrita de Abercrombie, para mim ela flui muito bem. O autor, também constrói ótimos diálogos, sendo eles mais um dos pontos fortes do livro junto com as descrições bem elaboradas que o autor nos presenteia, desde as Masmorras, castelos, becos escuros e palcos de esgrima, nada foge dos nossos olhos, estamos como se fossemos protagonistas do palco que Abercromie cria.
Além de sua narrativa ser gostosinha de ler, o autor nos apresenta ótimos personagens, bem estruturados, e que nos deixam presos a história do começo ao fim. Sabe quando menos vocês espera já está na torcida por determinado personagem, já está tão apegado que nem se toca o quanto ele te conquistou, isso acontece com os personagens Abercrombie. Aqui temos três personagens principais, Glokta, Jezal e Logen, que no decorrer da história vão acabar se 'encontrando', e assim se unindo a uma nova e perigosa aventura, aonde ficaremos a par do que Bayaz pretende fazer com esses três guerreiros, mas até fico ansiosa a espera do segundo livro. Mas não posso deixar de dividir com vocês que já de início o personagem Logen havia me conquistado e ao final da história a curiosidade que mantinha nele só aumentou mais ainda.

Entre todos os outros pontos que já ressaltei sobre a história, O Poder da espada, tem uma forte carga em seus personagens e cenários, aqui bem devolvidos, que deixam a história melhor ainda. Mesmo gostando muito da história, preciso dividir com vocês um dos pontos negativos ou digamos fraco do livro que foram as histórias em aberto que o autor deixou. Eu entendo que ele precise deixar pontos em abertos para dar continuação no segundo livro, mas aqui ele acaba deixando um pouquinho de mais,e com isso não sei se ele conseguirá suprir esses pontos no segundo livro.

Pra quem pensa que, O Poder da espada é apenas fantasia vai se surpreender com uma narrativa carregada de 'sangue', sim a história está repleta de mortes, torturas horrendas entre outras mais. E pra quem gosta de uma boa história de fantasia, com ação e até um bom suspense e uma boa pitada de mistério vai gostar muito da leitura de O Poder da Espada, e assim que o terminar vai ficar ansioso querendo a continuação como eu estou.


Qual minha nota para o livro:


Título: O Poder da Espada
- A Primeira Lei - Livro 01
Autor: Joe Abercrombie
Editora: Arqueiro

Sinopse: Sand dan Glokta é um carrasco implacável a serviço da Inquisição de Sua Majestade. Nas mãos dele, os supostos traidores da Coroa admitem crimes, apontam comparsas e assinam confissões – sejam eles culpados ou não. Por ironia, Glokta é um ex-prisioneiro de guerra que passou dois anos sob tortura.
Mas isso nunca teria acontecido se dependesse de Logen Nove Dedos. Ele jamais deixaria um inimigo viver tanto tempo. Só que isso foi antes. Agora ele está decidido a mudar. Não quer ser lembrado apenas por seus feitos cruéis e pelos muitos inimigos que se alegrarão com sua morte.
Já a felicidade do jovem e mulherengo Jezal dan Luthar seria alcançar fama e glória vencendo o Campeonato de esgrima, para depois ser recompensado com um alto cargo no governo que lhe permitisse jamais ter um dia de trabalho pesado na vida. Mas há uma guerra iminente e ele pode ser convocado a qualquer momento. Luthar sabe que, nos campos do Norte gelado, o embate segue regras muito menos civilizadas que as do esporte.
Enquanto a União mobiliza seus exércitos para combater os inimigos externos, internamente se formam conspirações sanguinárias e um homem se apresenta como o lendário Bayaz, o Primeiro dos Magos, retornando do exílio depois de séculos. Quem quer que ele seja, sua presença tornará as vidas de Glokta, Jezal e Logen muito mais difíceis. Agora a linha que separa o herói do vilão pode ficar tênue demais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.