quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Resenha: Dark House {Livro}


Agora é sua vez de experimentar o terror!!

A frase de 'chamada' do livro, já me empolgou bastante para sua leitura! "A única coisa mais assustadora que lidar com os mortos é lidar com nós mesmos."

Karina Halle é um ex-escritor de viagens e rock jornalista de música e os EUA. Hoje autor best-seller de amor, em Inglês, The Artists Trilogy, Experiment in Terror e outra selvagem e romântico lê. Ela vive em uma casa de 1920 em uma ilha bucólico largo da costa da Colúmbia Britânica com seu marido e seu filhote de cachorro de resgate, onde ela bebe muito vinho, caminhadas um monte de trilhas, e devora um monte de livros.

 E eu que não queria pegar mais séries gigantescas, não resisti a sinopse e capa de Dark House. Ahhh pessoal, preciso dividir com vocês que quando fui pesquisar mais a respeito sobre "Experimente o terror", fiquei com o meu 'a não série grande de novo'. Não é que eu não goste de séries, e também hoje fica difícil encontrar algo que não seja série, mas minha opção por tentar evitar é que tenho tanta série pendurada no vermelho que tenho que comprar e ler, que por mais na lista não era algo que eu queria. Mas vamos deixar de reclamar e começar a falar do que interessa.
 Primeiro quero falar a respeito, do material gráfico e de diagramação do livro. Começando pelo trabalho gráfico, que capa linda, não sei por em palavras o quanto eu amei essa capa. A editora caprichou muito nesse livro, e posso dizer que entre os livros da Editora Única, Dark House está com o livro com a capa favorita com toda certeza. Adorei a ilustração, o trabalho da imagem com as nuvens e os pássaros. A diagramação interna está tão caprichadinha também
 Os trabalhos gráficos e de diagramação estão cada vez melhores, sem esquecer o trabalho de revisão de texto que também está caprichadinho.
Dark House, não só por seu título e sinopse que me deixaram curiosos, mas também essa capa com esse farol 'assombroso', me deixou com arrepios. Adorei o trabalho de capa, e dentre as demais que encontrei a brasileira pra mim foi a melhor versão. Além do belo trabalho gráfico o trabalho de diagramação aqui também está um capricho que si só. Sabe aquelas folhas de incio, elas estão todas pretas o que deixa o livro com um ar 'sombrio', depois os capítulos recebem uma marcação (tipo marca texto) em uma linha, esta a que inicia sempre a narração. Os capítulos são separados e contam no total com dezoito capítulos. A fonte é times o que me parece tamanho treze, com um bom espaçamento de linhas.

Dark House conta a história de Perry Palomino, uma garota de 22 anos, que teve uma vida complicada, passando por problemas psiquiátricos, ao fato de se envolver com drogas. A típica adolescente problemática, até então. Mas o problema é que Perry sempre teve pesadelos, acho que posso chama-los de lúcidos, e essa é a causa de se consultar inúmeras vezes com terapeutas e psiquiatras. Tudo muda na vida de Perry quando ela decide visitar seus tios, e explorar o farol, que pertence a propriedade dos seus tios. Nessa "visita", ela conhece Dex, um cineastra que está sempre a procura de histórias cabulosas para seu programa. É nesse encontro que Perry, deixa de lado sua rotina/vida monótona, para assim dizer se aventurar com Dex, e desvendar o segredo do Farol.

A narrativa, é contada em primeira pessoa pela protagonista Perry. A autora consegue manter um bom fluxo, nos deixando presos a história e devorando um capitulo após o outro. A construção, da temática e dos seus personagens está bem caprichadinha, gostei muito de como ela foi levando sua narrativa.
Sobre a temática que a principio, pensei ser o mote, principal, mas não foi que foi o 'terror', eu esperava bem mais terror do que foi, pensei que ficaria com medo, com muito medo, mas pelo contrario tomeis apenas uns sustos, assim dizendo.

Em totalidade eu gostei muito deste primeiro volume da série "Experimente o terror", e estou curiosa para o segundo. Como também estou curiosa para saber, como a autora vai continua a história de Dark House, como estou curiosa para saber como ela vai continuar a desenvolver os personagens, e como ela continuara nos causar arrepios.

Ahhhh, já esbaldei-me falando o quanto amei a capa do livro, mas não havia comentado que na minha pesquisa a respeito da série me deparei com duas capas americanas (se não me engano) de Dark House, e convenhamos a nossa capa deu de 10 a 0 nelas, não? Além de passar um ar mais sombrio a ilustração está muito mais trabalhada/caprichada. Mas e vocês o que acharam?


Alguns Quotes:

"Caminhei até o espelho e averiguei meu rosto procurando por sinais contundentes de loucura. Eu estava uma merda, mas era comum ficar assim pela manhã, antes de as minhas cinco xícaras de café fazerem efeito."

"Um sentimento assustador tomou conta de mim. Eu me lembrei do sonho que tive. De repente, me senti inexplicavelmente apavorada."


“Havia algo estranho nesse lugar, algo vagamente familiar. Revirei meu cérebro tentando reconhecer algo mais tangível, mas nada veio à mente. Apesar do vento da costa, que então entrava livremente, havia uma quietude densa no ar. Era estranhamente atraente e muito sobrenatural”

Série  Experimente O Terror
-Dark House #1 (Resenha Atual)
-Red Fox #2 (Ñ Publicado BR)
-The Benson #2.5 (Ñ Publicado BR)
-Dead Sky Morning #3 (Ñ Publicado BR)
-Lying Season #4 (Ñ Publicado BR)
-On Demons Wings #5 (Ñ Publicado BR)
-Old Blood #5.5 (Ñ Publicado BR)
-The Dex-Files #5.7 (Ñ Publicado BR)
-Into the Hollow #6 (Ñ Publicado BR)
And With Madness Comes the Light #6.5 (Ñ Publicado BR)
-Come Alive #7 (Ñ Publicado BR)
-Ashes to Ashes #8 (Ñ Publicado BR)
-Dust to Dust #9 (Ñ Publicado BR)



Título: Dark House
- Experimente O Terror - Livro 01 -
Autor: Karina Halle
Editora: Única

Sinopse: Há sempre algo fora do normal em Perry Palomina. Embora ela esteja vivendo uma crise ao passar pela síndrome pós-faculdade, assim como qualquer garota de vinte e poucos anos, ela não é o que chamaríamos de comum.Perry possui um passado que prefere ignorar, e há também o fato de que ela consegue ver fantasmas. Tudo isso vem a calhar quando se depara com Dex Foray, um excêntrico produtor que está trabalhando em um webcast sobre caçadores de fantasmas.Dex, que se revela um enigma enlouquecedor, arrasta Perry para um mundo que a seduz e ameaça sua vida. O farol de seu tio é pano de fundo de um mistério terrível, que ameaça a sanidade da moça e faz com que ela se apaixone por um homem que, como o mais perigoso dos fantasmas, pode não ser o que parece.


AVALIAÇÃO


Nenhum comentário:

Postar um comentário


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.