sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Crítica sobre: Starling {Livro}


"Fennrys saiu para a luz do sol, e por algum motivo aquele simples gesto tranquilizou Manson imensamente. era bobagem, ela sabia, mas pensando bem, nunca tinha o visto em plena luz do dia antes". 


Lesley é escritora e atriz, que vive em Toronto, no Canadá. Cativado em uma idade jovem por histórias da mitologia e folk lore, civilizações passadas, e heróis lendários, ela tornou-se um pleno direito Celtic Mythology Geek, rica em histórias do outro mundo, Faeries e Rei Arthur. Lesley passou a ganhar um mestrado em Inglês pela Universidade de Toronto especializado em Shakespeare e literatura Artur.
Por quase três anos, Lesley hospedado maratonas de filmes de fim de noite semanais no programa de televisão transmitido nacionalmente, a barra de espaços, como o waitron-9000, uma garçonete holográfica brilhante com um conhecimento enciclopédico de obscuro B-movie trivia. Ela também é membro fundador e principal executor com Tempest Theatre Group.
Lesley é um egghead impenitente - um personagem de traço que de alguma forma não interfere com um amor de sapatos e coisas brilhantes. 

Não conhecia a autora, e este foi meu primeiro contato, com seu texto. Em resumo, gostei muito de como a autora, criou sua história, e de como ela levou a narrativa e temática do livro. Lesley Livingston me conquistou, além de querer continuar lendo a trilogia de "Starling", quero conhecer mais outras histórias de sua autoria.

Sobre o material da capa. A imagem da capa, segue o padrão do livro original. A capa é toda envernizada (eu acho que é assim que chama, em corrijam se estiver errada). A diagramação interna é simples, os capítulos são contados em números romanos, contabilizando no total de trinta e quatro capítulos, tendo fonte times, tamanho doze. Não encontrei erros de português, nem de digitação, a revisão da editora está muito boa.

Não lembro de ter lido sobre a trilogia, mas eu sei que ouvi algo a respeito, mas não lembro o que especifico, e nem o lugar que eu vi. Quando terminei a leitura, e fui pesquisar sobre, sabia que já tinha ouvido falar sobre ela, como um Deja vu.
Enfim, como me deparei com o livro. Estava no site do grupo editorial pensamento há procura de lançamentos, e acabei encontrando "Starling", e assim que li sua sinopse, não resisti e fui logo pedindo ele pra resenha. E assim que ele chegou, eu fiquei namorando ele de cantinho, até que não me aguentei mais e peguei-o para ler. Acabei deixando minha outra leitura de lado e só parei quando cheguei no final!

A temática trabalhada, e o uso não somente de uma mitologia, mas várias, agradou-me muito como me deixou surpresa. Isto porque a autora não deixou o leitor perdido, ao misturar inúmeras histórias mitologias ela conseguiu explicar o porque, e de manter o leitor atento e não perdido. 
Como já citei no inicio, sua narrativa me agradou muito. Sua escrita é simples, mas bem elaborada fluindo fácil e rápida. A ambientação e a criação dos personagens estão ótimas. Gostei de todos eles, e de como ela foi desenvolvendo-os. Não pensei que um Deus Egíptico, chamaria mais minha atenção que os Deuses Nórdicos, que é a mitologia mais focada no livro.

Não sei muito o que falar. Tenho percebido que não sou boa com as palavras para expressar o quando gostei do livro, então em resumão o que expresso é minha vontade de deixa-los curiosos, e faze-los querer ler Starling.
Enfim, para terminar, Jangada, não nos deixe malucos e traga o mais breve possível esse segundo livro, pois eu não sei se aguentarei de tão curiosa e ansiosa que fiquei com esse final. OMG O_O


Qual minha nota para o livro:

Título: Starling
Autor: Lesley Livingston
Editora: Jangada

Sinopse: Mason Starling é campeã de esgrima da equipe da Academia Gosforth, mas nunca teve de lutar por sua vida. Não até a noite em que uma violenta tempestade sobrenatural assola Manhattan, aprisionando Mason e seus colegas de equipe dentro da escola. Mason é atacada por criaturas horrendas, com forma vagamente humana, mais aterrorizantes que os trovões e raios, enquanto a tormenta traz para a vida dela um perigoso desconhecido: um jovem que não se recorda de nada além de seu nome - Fennrys, o Lobo. A chegada desse garoto misterioso faz em pedaços o mundo de Mason, ao mesmo tempo que uma atração inegável surge entre eles. Juntos, eles tentam desvendar os segredos da identidade de Fenn, enquanto forças estranhas e sobrenaturais se adensam à volta deles. Quando descobrem que a família de Mason, com sua obscura ligação com antigos deuses nórdicos, é a chave de todo o mistério, Fennrys e Mason subitamente se veem diante de um futuro catastrófico: o Ragnarök - ou o fim do mundo, como o conhecemos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.