sábado, 14 de fevereiro de 2015

Resenha: Cinquenta Tons de Cinza {Filme}


Título: Cinquenta Tons de Cinza 
Título Original: Fifty Shades of Grey
Dirigido por: Sam Taylor-Johnson
Ano: 2015

Sinopse: Quando a estudante de literatura Anastasia Steele entrevista o jovem bilionário Christian Grey, como um favor a sua colega de quarto Kate Kavanagh, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que o deseja e que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Christian admite que também a deseja, mas em seus próprios termos. Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso — os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família — ele é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Ao embarcar num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos.

Elenco: Dakota Johnson como Anastasia Steele
Jamie Dornan como Christian Grey
Andrew Airlie como Carrick Grey
Anthony Konechny como Paul Clayton
Callum Keith Rennie como Raymond Steele
Dylan Neal como Bob Adams
Eloise Mumford como Katherine Kavanagh
Emily Fonda como Martina
Jennifer Ehle como Carla Wilks
Luke Grimes como Elliot Grey
Marcia Gay Harden como Grace Trevelyan Grey
Max Martini como Jason Taylor
Rachel Skarsten como Andrea
Rita Ora como Mia Grey
Victor Rasuk como José Rodriguez


Minha Opinião: Primeiro, antes de falar do filme. Eu li apenas os dois primeiros livros, e não consegui ler o terceiro. Porque eu li? Por curiosidade, para entender, o porque do burburinho todo em cima do livro. Minha opinião a respeito dele, uma história fraca, sem sustância. Conheço histórias com a temática igual e muito mais trabalhada.

Com isso chego a minha opinião do filme. Assisti, porque queria saber como seria nas telas, a história, como eles iriam elaborar o roteiro. E o que achei? Tão fraco quanto o livro. O filme poderia ter sido bom, se eles pegassem os três livros, tirassem os pontos essenciais para a história e depois melhorassem os diálogos entre os personagens. Por que meu deus, é muito podre.


Comparando filme e livro, o roteiro do filme, até pode ser perdoado, pois ele conseguiu me conquistar em coisas que a narrativa do livro não havia. Um dos pontos, é que o filme, está mais divertido, que o livro. Agora um ponto que também preciso ressaltar aqui é a classificação +16. Eu já não acho o livro pra essa classificação, e os produtora, sei lá quem decide ter adaptado o "romance", para os cinemas com essa classificação, é só para arrancar dinheiro e nada mais que isso. Se eles tivessem trabalhado mais no roteiro, na temática sadomasoquismo, no erótico, a classificação não seria está e também o filme acredito teria sido melhor, mas com isso eles não ganhariam o público abaixo dos 18, não.

E falando nisso, preciso comentar as cenas de sexo. Como disse lá em cima, por causa dessa classificação, não poderia ser nada mais forte, mas eu esperava algo mais e não o que foi. Pra mim foram cenas, de comédias românticas, se eles tentaram alcançar algum erotismo, ficou parecido com aqueles filmes sem graça que passam na madruga. O que era pra ser erótico não foi nada do que foi "prometido".


E sobre as cenas de sadomasoquismo o que falar, a não ser: teve pouca, não foi bem trabalhada, e ainda de fundo a mensagem que deixou transparecer é de que a prática do sado, é algo que não tem haver com fetiche, e sim o dominante abusando do seu poder, algo para descarregar sua raiva, tornando assim o quer seria prazer terrível. Essa é a minha visão, a respeito do que foi visto e lido. não posso dar mais explicações pois não sou uma praticante, mas já li inúmeros comentários de praticantes do BDSM, ofendidos, pela forma que o sadomasoquismo foi tratado, tanto no livro quanto no filme.

A trilha sonora do filmes está com certeza, sem sombra de dúvida, 100 vezes melhor que o filme. As atuações não estão de todo uma merda, mas também não estão boas. Eu entendo o porque disso, como que os atores vão fazer um bom papel, se o roteiro já é uma bosta. (sorry os palavrões).

Por fim, sem que os amantes da história não vão concordar com minha opinião, mas quero deixar dito que há muito mais histórias e filmes, com conteúdo erótico melhor que 50 tons.


Para quem têm vontade de olhar abaixo está o trailer do filme:



AVALIAÇÃO

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.