terça-feira, 5 de julho de 2016

Crítica sobre: Gen pés descalços. Vol. 8, 9 e 10 {Quadrinho}

"É doloroso produzir um mangá que tem como tema principal a bomba de Hiroshima. Porém, as crianças são puras e conseguem captar com clareza a verdade dentro da história. Por isso, resolvi relaxar e trabalhar sem elaborar muito, apenas torcendo para que elas se identifiquem com o mundo desta narrativa . Que os leitores possam entender, realmente o que é a guerra e o que foi a experiência da bomba atômica. " Keiji Nakazawa (GEN, Nota de Orelha, Vol. 10)



Para quem não sabe:

A Editora Conrad lançou 4 volumes da edição americana de Gen, que tinham cortes, leitura invertida, e cobriam só a parte inicial da história. Após um tempo a Editora retomou a publicação de Gen, só que agora seguindo a fonte original japonesa, que ao todo possui 10 volumes. A coleção começou em 2011 e teve seu término em 2016.

É difícil você não conhecer nada a respeito de Gen já que este é um clássico quadrinhos (mangás). A história de Keiji Nakazawa, em parte autobiográfica, (Gen, seria seu alter ego) narra as histórias de um garoto que sobreviveu ao terrível ataque da bomba atômica sobre a cidade de Hiroshima, durante a Segunda Guerra Mundial. 

E agora trago a vocês a minha opinião sobre os três últimos volumes dessa história:

E novamente eu preciso repetir... A cada nova edição esse quadrinho me envolve, e me deixa mais curiosa para saber o que irá acontecer logo a seguir, como será que Gen vai enfrentar suas novas barreiras e quais serão elas e como essa história sera finalizada, vão ter mais surpresas, mais lágrimas e quando os sorrisos virão.

Gen é uma história triste, profunda e ao mesmo tempo bela, pois mostra a superação, a amizade apesar de todas dificuldades que eles tem de passar. E na história desses últimos volumes, nos encontramos no ano de 1950, e neste ano as Coreias estão tendo suas divergências o que causa apreensão ao povo japonês, que teme por novos ataques, e nosso Gen encontrasse em novos obstáculos, escolhas que ele precisa tomar para o bem de sua família e o seu próprio.

Passados 12 meses, aquelas tensões que apareceram no volume oito aumentam no volume nove, e agora não só mais as Coreias que estão a ter conflitos, a cidade de Hiroshima sofre por disputas de terrenos, e Gen como sempre continua seu caminho de sofreguidão e obstáculos que aparecem para provar novamente sua força de vontade, porém no decorrer desta estrada amarga parece que as flores começaram a nascer no caminho de Gen.

Gen consegue trabalho este que o deixa muito feliz, ele começa a desenhar e apesar de toda mudanças dos novos conflitos, Gen não desiste e mostra que todos podem ter um recomeço.

... e assim encerrou minha caminhada com 'Gen, Pés Descalços'. Mas esse não é o fim, pois quando bater saudade eu correrei para ele, fora que esta história ainda tem muitas outras histórias para contar, e por quê digo isso, bom ele não é apenas uma leitura/história para mim, Gen sempre foi muito mais, e não é porque ele terminou nesse volume que vou dar o fim a ela, pois pelo contrário sua história ainda rendera muitas conversas e debates com quem como eu gostou muito de Gen.

E como sempre finalizo, novamente aqui não quero opinar muito, e acabar colocando algum fator importante da história que vá acabar entregando a vocês a história, então apenas quero deixar esses pontos aqui, para quando voltar um dia a querer saber minha opinião do que achei, quando o li.

Por fim se você ainda não conhece a história de Gen, corra procure saber mais e se ficar curioso compre a coleção, tenho certeza que não se arrependera, pois Gen é uma ótima história.


 

Mais Informações:


Sobre Gen: Em Gen Pés Descalços, aclamada série de mangás em dez volumes, acompanhamos a infância e a juventude de Gen Nakaoka, desde os meses que antecederam a explosão da bomba atômica em Hiroshima até os amargos anos que se seguiram a esse terrível episódio da história da humanidade. Gen Pés Descalços é um clássico dos quadrinhos, criado em forma de relato autobiográfico por Keiji Nakazawa. A série foi traduzida para diversos idiomas e lançada em mais de dez países. Acima de tudo, foi a obra que revelou para os japoneses e para o mundo o horror em que Hiroshima se viu mergulhada depois da explosão da bomba atômica. Gen Pés Descalços é um registro precioso e um libelo pela paz.

Sobre o autor: Keiji Nakazawa nasceu em Hiroshima, em 1939, e tinha 6 anos quando a cidade foi destruída pela bomba atômica. Perdeu toda a família, exceto a mãe. Em 1961 mudou-se para Tóquio e começou a trabalhar como quadrinista em publicações como Shonen Gaho e Shonen King. Em 1966, após a morte da mãe, passou a realizar histórias autobiográficas, inspirado em suas memórias de infância e juventude. Entre esses trabalhos, destaca-se Gen Pés Descalços, sua obra-prima e um dos mangás mais conhecidos no Ocidente. Embora tenha ficado famoso pelos retratos de guerra pacifistas, o artista realizou histórias nos mais diversos gêneros. Impossibilitado de trabalhar devido a problemas na visão, Keiji Nakazawa se aposentou em 2009....

(Fonte: Editora Conrad)

Qual minha nota para o livro:


Título: GEN Pés Descalços #8
Autor: Keiji Nakazawa
Editora: Conrad

Sinopse: No volume 8 da série, o Japão entra nos anos 1950 sem conseguir deixar o fantasma da guerra para trás, considerando que há um conflito em larga escala acontecendo nas Coreias que mantem no ar uma tensão constante por causa do medo de os combates chegarem novamente ali. Gen e seus colegas da escola aprenderão a reconhecer a importância e o valor de um professor dedicado e apaixonado por educar e criar uma geração de japoneses que valorizem a paz. Eles também terão o primeiro contato com os mercadores da morte, pessoas que lucram com as guerras e fazem com que elas jamais deixem de existir.
Enquanto isso, a família de Gen logo chegará a um impasse. Com o iminente risco de despejo, os três irmãos precisarão decidir qual caminho querem seguir na vida, mesmo que acabem se separando. Talvez seja hora de Gen escolher seu próprio rumo.

Título: GEN Pés Descalços #9
Autor: Keiji Nakazawa
Editora: Conrad

Sinopse: No volume 9 da série, o ano é 1951. As tensões políticas se intensificam, bem como as disputas pelos terrenos da cidade de Hiroshima. É anunciada a saída dos norte-americanos do Japão. 
Gen e sua família sofrem mais uma grande perda, e ainda são obrigados a lidar com a crueldade dos que tentam levar alguma vantagem com as mortes e os cadáveres decorrentes da bomba. Gen também toma conhecimento das experiências de escravidão que muitos jovens como ele viveram nas mãos de exploradores de órfãos. 
Mas, para compensar tanta dor, nosso herói pode estar prestes a encontrar um rumo para sua vida. Uma profissão que ao mesmo tempo lhe agrada e honra a memória de seu pai. 

Título: GEN Pés Descalços #10
Autor: Keiji Nakazawa
Editora: Conrad

Sinopse: O volume 10, último da série, traz o desfecho da história de Gen Pés Descalços. O Japão tenta se reconstruir e trilhar o caminho da paz. A Yakuza começa a se destacar e a disseminação do consumo de drogas estraga vidas. No trabalho como desenhista, Gen se depara com resquícios de um militarismo que só prejudica o desenvolvimento da economia. O futuro próspero que parecia estar definido sofre uma reviravolta. Gen e seus amigos reúnem as forças que lhes restam. Afinal, eles sobreviveram à bomba e merecem um recomeço digno e belo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Olá leitores.
Que bom que gostaram do Post! Quer compartilhar a sua opinião?.

↺Comentários ofensivos, que agridam a mim ou a qualquer outra pessoa ou entidade (autor, seguidor, editora) também será deletado.

↺Agradeço seu comentário! Sua opinião é de extrema importância para o blog e para mim. (Pode ter certeza que, responderei o seu comentário assim que possível.) Volte Sempre!



Importante!! Pessoal, caso encontrem links com defeitos, avisem por comentário ou pelo e-mail: angelicapinheiropereira@gmail.com, para que possamos arruma-los.